Apresentado, Carlos enaltece o Inter: 'É o maior clube do Brasil'

Mais novo reforço do Internacional para a temporada, o atacante Carlos chegou ao clube tecendo elogios, apesar da situação frágil do time nos últimos meses. Apresentado oficialmente nesta quinta-feira, o ex-jogador do Atlético Mineiro disse que o Inter é "o maior clube do Brasil", apesar do rebaixamento no último Campeonato Brasileiro.

Estadao Conteudo

09 Fevereiro 2017 | 13h38

"Mesmo o Inter na Série B, não deixa de ser o maior clube do Brasil. É campeão de tudo", declarou o jogador de 21 anos, que chegou ao clube gaúcho por empréstimo até o fim do ano. Carlos revelou que recusou ofertas de outros times, como o Vitória. "Tive propostas do Vitória e de outros clubes, mas preferi o Inter."

O atacante prometeu marcar 22 gols na temporada e se disse à vontade para atuar em posições diferentes no setor ofensivo, tanto como centroavante quanto como ponta. "Eu gosto de jogar nas duas posições, sendo que fui revelado na base sempre como centroavante, mas me sinto bem jogando na ponta. Nos últimos anos, joguei na ponta", disse, citando o Atlético-MG.

"Procuro ajudar o time, então não importa a posição. Fui melhor como centroavante. Na base, tive boas atuações como centroavante. No profissional, tive poucas oportunidades e joguei na ponta. Estou à disposição do treinador", completou o jogador, que foi o principal destaque do treino, realizado nesta manhã - somente os reservas foram a campo, porque os titulares fizeram recuperação física após a vitória sobre o Fluminense, na noite de quarta-feira.

Rebaixado para a Série B em dezembro do ano passado, o Inter também não vem bem neste início de ano. É apenas o 10º e antepenúltimo colocado na tabela do Campeonato Gaúcho.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.