Árbitra atingida por dardo passa bem no hospital

Depois de ser atingida por um dardo, durante a disputa do Troféu Brasil de Atletismo, domingo, em São Paulo, a árbitra Lia Mara Lourenço passa bem no Hospital 9 de Julho, onde está internada na capital paulista. Ela precisou fazer uma cirurgia no pé esquerdo para tirar o dardo e já está em fase de recuperação, segundo boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira. O acidente aconteceu durante o aquecimento para a final da prova masculina de lançamento de dardo, um objeto que tem 2,60 metros de comprimento e pesa 800 gramas. Como ele atravessou o pé esquerdo da árbitra Lia Mara Lourenço ao ser lançado por um atleta, precisou ser serrado ainda na pista do Estádio Ícaro Castro Melo, no Ibirapuera. Depois disso, ainda com a ponta do dardo no pé, Lia Mara Lourenço foi levada para o Hospital do Servidor Público, onde foi realizada a cirurgia de retirada do objeto. A seu pedido, ela foi transferida para o Hospital 9 de Julho, também em São Paulo - ainda não há previsão de alta médica.

Agencia Estado,

25 Setembro 2006 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.