Árbitra que teve pé perfurado por dardo deve receber alta

A árbitra Lia Mara Lourenço, que teve o pé esquerdo perfurado por um dardo durante o Troféu Brasil de Atletismo, no fim de semana, deve receber alta nesta sexta-feira do Hospital Nove de Julho, onde está internada, em São Paulo (SP). De acordo com boletim médico divulgado nesta quinta, a evolução do quadro da paciente é boa. Após exames de ressonância magnética e tomografia computadorizada, concluiu-se que Lia não precisará de nova intervenção cirúrgica no pé. Lia teve pé perfurado por um dardo num acidente no último domingo, durante a disputa do GP Brasil de atletismo, no Estádio do Ibirapuera. A pista estava liberada para o aquecimento dos competidores e ela atravessou sem olhar. A árbitra foi rapidamente atendida e, por medida de segurança levada ao hospital ainda com o dardo no pé.

Agencia Estado,

28 Setembro 2006 | 16h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.