Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Árbitro do jogo com o Flu dá sorte ao Palmeiras

Alviverde nunca perdeu com Anderson Daronco, juiz eleito pela CBF para apitar a semifinal daCopa do Brasil

O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2015 | 17h22

Palmeirenses supersticiosos já têm o que comemorar na decisão da vaga à final da Copa do Brasil contra o Fluminense. O árbitro escalado pela CBF para dirigir o jogo desta quarta-feira, às 22h, no Allianz Parque, apitou quatro jogos do Palmeiras no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil – quatro vitórias do alviverde e um empate – nesta temporada.

Dos quatro jogos vencidos pelo time paulista, três foram por diferença de mais de três gols. Para avançar à decisão da Copa do Brasil, o Palmeiras precisa vencer o jogo por 1 a 0, ou por qualquer diferença de dois gols, caso o Fluminense faça ao menos um (3 a 1, 4 a 2, etc). Vitória paulista por 2 a 1 leva a decisão para os pênaltis, já que o Fluminense venceu a primeira semifinal pelo mesmo placar.

Gaúcho, 34 anos, árbitro Fifa, Anderson Daronco é disciplinador e se impõe aos jogadores pelo porte físico avantajado. Não é de muita conversa.

Ele também apitou três jogos do Fluminense nesta temporada – duas derrotas e uma vitória. Um dos dois jogos que o time carioca perdeu foi para o Palmeiras – 4 a 1 no Maracanã, no segundo turno do Brasileirão, com direito a três gols de Lucas Barrios e um de Gabriel Jesus.

Confira os quatro jogos do Palmeiras dirigidos por Anderson Daronco:

Palmeiras 4 x 0 São Paulo - 28/06, Allianz Parque.

Vasco 1 x 4 Palmeiras - 26/07, São Januário.

Cruzeiro 2 x 3 Palmeiras - 26/08, Mineirão

Fluminense 1 x 4 Palmeiras - 16/09, Maracanã.

São Paulo 1 x 1 Palmeiras - 27/09, Morumbi.

Veja os jogos do Fluminense apitados por Daronco:

Atlético-MG 4 x 1 Fluminense, 17/05, Mané Garrincha.

Atlético-PR 1 x 2 Fluminense, 12/07, Arena da Baixada

Fluminense 1 x 4 Palmeiras - 16/09, Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.