Arena de Itaquera só em 40 dias. Até lá, burocracia

Prefeito Gilberto Kassab se diz tranquilo quanto ao andamento do projeto e diretor do clube vê boa relação com o BNDES

Gustavo Uribe, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2011 | 00h00

A diretoria do Corinthians teve de recuar e admitir que não cumprirá o cronograma original do futuro estádio de Itaquera. As obras, agora, só devem começar no final de maio. De acordo com o diretor administrativo do clube, André Luiz de Oliveira, a expectativa é de que até o fim deste mês seja regularizada a situação do terreno na zona leste de São Paulo, onde será construída a arena para a Copa de 2014.

A previsão anterior era de que a construção começasse em abril. Até o ministro dos Esportes, Orlando Silva, havia estipulado um prazo, segundo o qual as obras deveriam começar, no máximo, até o fim deste mês.

No entanto, Oliveira disse acreditar que, até maio, o Corinthians conseguirá pelo menos uma parcela do empréstimo que deve ser concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio da Caixa Econômica Federal, de R$ 400 milhões.

O orçamento total do empreendimento é estimado em R$ 650 milhões. "A gente espera que, até maio, seja regularizada a situação com o Ministério Público (MP)", disse o dirigente após evento no Palácio dos Bandeirantes. "O empréstimo do BNDES deve ser liberado em partes."

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (PSD), participaram de café da manhã com representantes de 12 clubes de futebol do Estado, entre eles os de Santos, Palmeiras, São Paulo e Portuguesa. O presidente do Corinthians, Andres Sanchez, está internado por conta de infecção na perna e não pôde comparecer.

Em discurso, Kassab ressaltou que a capital está empenhada para a abertura da Copa e que o futuro estádio do Corinthians é a "única solução para que São Paulo sedie a abertura do evento".

CRONOLOGIA

13/4/2010: "Estado" publica que Morumbi está fora da abertura e da Copa de 2014

16/6/2010: Fifa confirma que Morumbi está excluído

2/3/2011: Fifa oficializa o estádio do Corinthians como palco de São Paulo para o Mundial

15/3/2011: Presidente corintiano diz que obras começariam entre os dias 15 e 20 de abril

21/3/2011: Ministro do Esporte cobra o prazo

15/5/2011: Diretor do Corinthians Luis Paulo Rosenberg adia para maio início das obras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.