Armstrong fará cirurgia, mas quer estar no Giro d'Itália

O ciclista norte-americano Lance Armstrong confirmou nesta terça-feira que terá de ser submetido a uma cirurgia por causa do acidente sofrido na Volta de Castilla e Léon, na Espanha, na última segunda. Apesar de ter fraturado a clavícula direita ao cair de sua bicicleta numa colisão que envolveu outros 20 ciclistas, Armstrong disse que tem a intenção de disputar o Giro d''Itália, competição que começa no dia 9 de maio.

AE-AP, Agencia Estado

24 de março de 2009 | 23h07

O atleta disse nesta terça-feira que os exames na região afetada apontaram "múltiplos pedaços" de ossos quebrados. Armstrong se encontra em Austin, no Texas, onde mora e também realizará a operação, marcada para esta quarta. Segundo o ciclista, o procedimento cirúrgico implantará uma placa de metal em sua clavícula.

Além de pretender correr no Giro d''Itália, Armstrong deixou bem claro que não quer ficar de fora da principal prova do ciclismo mundial. Sete vezes campeão da Volta da França, ele tem grandes esperanças de disputar a competição, realizada entre os dias 4 e 26 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.