Elizabeth Kreutz/AP
Elizabeth Kreutz/AP

Armstrong recebe placa de aço com 12 pinos em cirurgia

Após sofrer acidente na última segunda-feira, ciclista norte-americano passa por cirurgia complicada

Agencia Estado

25 de março de 2009 | 18h34

O ciclista norte-americano Lance Armstrong passou por uma cirurgia complicada nesta quarta-feira, após sofrer um acidente na Volta de Castilla e Léon, na Espanha, na última segunda. Com múltiplas fraturas na clavícula direita, o atleta foi operado na cidade de Austin, no Texas, onde reside, e teve que receber uma placa de aço com 12 centímetros de comprimento, além de 12 pinos para prendê-la ao osso e estabilizar a lesão.

"Foi um desafio, um caso complicado", disse o cirurgião Doug Elenz, após três horas de operação. Elenz afirmou ainda que Armstrong esperava uma lesão não tão grave, mas os raios X realizados nos Estados Unidos mostraram quatro fraturas na clavícula. Além disso, haviam pedaços de ossos quebrados na região, que dificultariam a recuperação do ciclista. Agora, Armstrong terá que ficar em repouso por alguns dias antes de subir novamente em uma bicicleta.

Ainda nesta terça-feira, antes da cirurgia, ele admitiu a gravidade da lesão. "Isso definitivamente é um obstáculo. É o maior obstáculo que já tive na minha carreira", disse o ciclista, que ainda mantém as esperanças de competir no Giro d''Itália, que começa no dia 9 de maio. Além disso, Armstrong não pretende ficar de fora da Volta da França, em julho, competição na qual busca o oitavo título.

Mais conteúdo sobre:
ciclismoLance Armstrongcirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.