Jesús Diges/EFE
Jesús Diges/EFE

Arqueiro brasileiro reclama de alça de mira após estreia

Daniel Xavier terminou na 51.ª posição no classificatório do tiro com arco nos Jogos de Londres

PAULO FAVERO, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 08h07

LONDRES - Daniel Xavier teve a honra de, nesta sexta-feira, ser o primeiro brasileiro a participar de competições individuais nos Jogos de Londres. O arqueiro terminou na 51.ª posição no classificatório do tiro com arco, com um desempenho aquém do esperado. Ele pretendia fazer de 660 a 661 pontos, mas fez 653. Caso atingisse a meta, poderia ser até o 40.º colocado.

"Estava esperando uma colocação melhor, mas eu tive problema com a alça de mira do arco e só consegui acertar ela na última rodada. Também fiquei um pouco nervoso, mas foi minha estreia olímpica", ponderou Daniel Xavier, na saída do Lord''s Cricket Ground, onde o tiro com arco é disputado.

Mas o resultado não é de todo ruim. Na próxima fase, Xavier vai enfrentar o polonês Rafal Dobrowolski e parece não temer o rival. "Gostei da chave que eu estou pegando. É um polonês e se eu começar bem o combate vou passar a pressão pra ele. Acho que tenho condições de vencer", avalia.

O tiro com arco estreia novo formato nos Jogos de Londres. A partir desta olimpíada, os confrontos são disputados por sets, deixando as disputas mais emocionantes. Em cada um dos cinco sets são três tiros. A vitória no set vale dois pontos. O empate, dois. Vence quem marcar seis pontos primeiro.

O brasileiro também comentou o desempenho dos sul-coreanos, que ocuparam as três primeiras posições no classificatório e bateram os recordes mundiais tanto no individual (Dong Hyun Im) quanto por equipes. "Não esperava os dois recordes, mas eles têm esse costume de ir bem nas eliminatórias, mas nunca ganharam um ouro na Olimpíada. A próxima fase é outro tipo de competição e eles costumam sentir isso."

Em Pequim, a Coreia do Sul venceu por equipes tanto no feminino quanto no masculino. Mas, no individual, fez "apenas" prata entre os homens e prata e bronze entre as mulheres. A eliminatória feminina em Londres começa às 9h pelo horário de Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.