Arqueiros da Coreia do Sul brilham e batem recordes

Potência do arco e flecha, a Coreia do Sul deu uma demonstração penetrante de sua força nesta sexta-feira, obtendo dois recordes mundiais no primeiro dia oficial da Olimpíada de Londres.

PETER RUTHERFORD, Reuters

27 de julho de 2012 | 11h07

Im Dong-hyun, que perdeu o primeiro lugar no ranking para o norte-americano Brady Ellison em 2011, fez 699 pontos e quebrou seu próprio recorde mundial de 72 setas. A equipe, que incluía Im Dong-hyun, Oh Jin-hyek e Kim Bub-min, estabeleceu o novo recorde de equipe, de 2,087 pontos.

A marca de Kim, 698 pontos, também teria quebrado o recorde mundial anterior, que era de 696 pontos, enquanto Oh veio depois com 690. Os arqueiros podem marcar um máximo de 10 pontos por flecha atingindo o círculo dourado no centro do alvo.

Os Estados Unidos, atualmente a equipe número um e favorita ao ouro olímpico nessa modalidade em Londres, terminou o dia na quarta colocação, atrás de França e China.

Im tem uma forte miopia, por isso precisa mirar na "mancha" de cores no alvo, situado a uma distância de 70 metros.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPARCOCOREIASUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.