Luis Ruas/Sociedade Hípica
Luis Ruas/Sociedade Hípica

Artemus de Almeida fatura evento de hipismo em SP

Na Sociedade Hípica, o experiente cavaleiro realiza dois percursos sem faltas e conquista o GP São Paulo CSI-W Indoor

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2014 | 21h45

Em tarde ensolarada e quente na capital, Artemus de Almeida fez a festa dos paulistas na Sociedade Hípica neste domingo. Em casa, o experiente cavaleiro realizou dois percursos sem faltas para faturar de forma brilhante o GP São Paulo CSI-W Indoor, a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Sênior Top. O evento, iniciado na última quarta-feira, é válido pelo ranking da Federação Equestre Internacional (FEI) e ranking Senior Top da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). Tem também a função de seletiva da Liga Sul-Americana para a final da Copa do Mundo de 2015, em Las Vegas (Estados Unidos).

Montando Zarisma, Artemus passou sem sustos pelos dois percursos e com o tempo de 37s58 garantiu a vitória no luxuoso GP paulista, com premiação de R$ 120 mil, disputado por 41 conjuntos e prestigiado por 15 mil pessoas.

"Estou muito feliz, pois é a primeira vez que eu ganho este GP, talvez hoje um dos mais importantes do País. Com a vitória também entro ainda mais na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro de Sênior Top", comemorou Artemus.

Com o resultado, o paulista diminuiu a briga pela liderança geral do Campeonato Brasileiro para apenas um ponto diante de Francisco Musa. O cavaleiro mineiro soma 64 pontos diante de 63 de Artemus de Almeida. A terceira colocação é de Sérgio Marins com 53 pontos.

Além de Artemus, outros dois conjuntos passaram zerados na Sociedade Hípica. Fábio Sarti/ Evian Van?t Heike, segundo colocados com 39s75, e Sérgio Marins/Land Peter do Feroleto, com 39s93, em terceiro.

A sexta etapa do campeonato está marcada para o dia 16 de novembro, durante a primeira semana do Rio Equestrian Festival, na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio.

Entre os 41 conjuntos que prestigiaram o GP São Paulo, com obstáculos a 1,50m, destaque para um medalhista olímpico. Doda Miranda, radicado na Europa, veio ao Brasil especialmente para a disputa, competiu com dois cavalos emprestados e conseguiu vaga na volta da vitória com as duas montarias.

No dorso de Willen classificou-se para a segunda passagem com um percurso limpo. Na volta da vitória fez uma falta e acabou na quinta colocação. Montando Ariness Vant Wolferink, cometeu uma falta em cada passagem e acabou em nono.

Responsável por armar o percurso do GP São Paulo neste domingo, o campinense Guilherme Jorge foi nomeado pela FEI como o responsável pelas pistas das provas de salto nos Jogos Olímpicos do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
hipismoArtemus de Almeida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.