Divulgação
Divulgação

Arthur Zanetti aproveita torneio na Suíça para testar outros aparelhos

Ginasta tenta se aprimorar no solo, salto e paralelas para Mundial na China, no próximo ano

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2013 | 15h44

SÃO CAETANO DO SUL - De volta ao circuito internacional após a conquista do título mundial, Arthur Zanetti vai aproveitar a disputa do 30º Memorial Arthur Gander, em Morges, na Suíça, para testar seu desempenho em diferentes aparelhos, além das argolas, que lhe deu a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e no Mundial da Antuérpia, no início deste mês. "Vou competir em quatro aparelhos, se passar para a final. Primeiro vou fazer argolas, o meu aparelho, mais solo e salto, os dois outros aparelhos que treino. Tenho de me colocar entre os oito melhores ginastas, na somatória das notas das três apresentações iniciais, para ir à final e, aí sim, fazer o quarto aparelho, no meu caso, as paralelas", explica o ginasta, que fará sua primeira apresentação internacional desde o título mundial.

O brasileiro, claro, espera levar a melhor nas argolas contra os adversários da Suíça, Itália, Alemanha, Inglaterra, França, Canadá, Romênia e China. Zanetti não deve ter dificuldade para ser o primeiro colocado no aparelho porque seus principais rivais não devem competir em solo suíço. "Espero ser o melhor nas argolas. É uma fase do ano bem complicada. O que vier é lucro". Não será a primeira vez que Zanetti competirá em outros aparelhos no circuito internacional. Contudo, ele busca se aprimorar no solo, salto e paralelas para melhorar o desempenho da seleção brasileira de ginástica no Mundial do próximo ano, em Nanning, na China.

Tudo o que sabemos sobre:
esportesginásticaArthur Zanetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.