Ricardo Bufolin/ CBG
Ricardo Bufolin/ CBG

Arthur Zanetti brilha no Brasileiro de Especialistas com dois ouros e uma prata

Ginasta venceu as disputas nas argolas, no salto e terminou na segunda colocação no solo

Estadao Conteudo

29 Outubro 2017 | 20h02

Arthur Zanetti brilhou neste domingo no Campeonato Brasileiro Ginástica Artística de Especialistas ao conquistar duas medalhas de ouro e uma de prata na competição, realizada na Arena Carioca 3, dentro do Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. O campeão olímpico e mundial venceu as disputas nas argolas, no salto e terminou na segunda colocação no solo.

+ Meninos Bons de Bola, o primeiro time transgênero do Brasil

+ Leia mais sobre esportes

O atleta iniciou a sua participação nas provas pela apresentação no solo e obteve nota 13.775. No entanto, a regra do torneio prevê que o pódio seja definido pela média dos dois dias de competição. Assim, Zanetti - com média de 13.588 - ficou com a prata.

Depois, o medalhista olímpico partiu para o aparelho no qual é especialista: as argolas. Zanetti conseguiu melhorar a nota tirada na qualificação e terminou com média de 14.488, conquistando o ouro. A outra vitória foi obtida no salto, prova na qual empatou em pontos com Luis Porto - média de 14.125.

"Foi uma boa competição, três aparelhos, três pódios, 100% de aproveitamento. Muito bom. Estou feliz por ter voltado a fazer solo e salto bem e agora é finalizar o ano com a disputa da Swiss Cup e dos Jogos Abertos. Aí eu entro de férias", comemorou Arthur Zanetti, que embarcará para a Suíça - junto com Daniele Hypólito - para a prova no dia 5 de novembro.

Zanetti também exaltou o resultado obtido no Brasileiro de Especialistas devido aos problemas físicos enfrentados após a disputa do Rio-2016. O ginasta projeta uma preparação para iniciar o ciclo olímpico com vistas a Tóquio-2020. "Teve a cirurgia do ombro no ano passado, que foi um ano de muito desgaste. Agora é continuar o trabalho para conseguir estar bem em 2018, quando já começa a classificação para a Olimpíada", ponderou.

Já Arthur Nory, medalhista de bronze na Olimpíada passada - no solo - e que também foi submetido a cirurgias durante a temporada, procurou aproveitar a competição no Rio de Janeiro para ganhar confiança. O atleta, que não terá novas competições até o fim do ano, já pensa no trabalho que desenvolverá em 2018 com os olhos voltados para Tóquio.

"Eu vim bem focado no solo e na barra. Na barra, tive duas quedas no primeiro dia. No solo, competi muito bem. Hoje, tive uns errinhos bem técnicos e preciso treinar mais, me preparar bem. Antes participei do Mundial que conta muito também. O ano de competições acaba para mim e agora já vamos pensar em 2018. Vou me dedicar ao individual geral para a ajudar a equipe brasileira na classificação para Tóquio", analisou Nory.

OUTROS RESULTADOS

O Brasileiro de Especialistas teve ainda competições que reuniram também atletas das categorias pré-infantil, infantil e juvenil. Alguns nomes da nova geração do esporte subiram ao pódio.

No torneio masculino, Renato Oliveira foi o vencedor no solo, seguido por Arthur Zanetti e Caio Souza. No cavalo com alças, Francisco Barretto levou a medalha de ouro, Péricles Silva ficou com a prata, empatado com Lucas Bittencourt.

Nas argolas, Gabriel Barbosa faturou a medalha de prata - o ouro foi de Zanetti - e o atleta Guilherme Oliveira foi bronze. Nas paralelas, Péricles Silva foi o campeão, seguido de Caio Souza e Lucas Bittencourt.

Lucas venceu a disputa na barra fixa, com Leonardo Souza, Gustavo Polato e Renato Oliveira empatados na segunda posição.

Na disputa feminina, Luiza Domingues foi a vencedora no salto, com Isabelle Retamiro na segunda colocação e Carolyne Pedro em terceiro. Nas paralelas, Lorrane Oliveira ficou com o ouro, Carolyne Pedro com a prata e Luiza Domingues com a medalha de bronze.

Na trave, Fabiane Brito venceu, Anna Reis foi a segunda colocada Carolyne Pedro terminou na terceira posição. Já no solo, a medalha de foi para Thais Fidelis e Fabiane Brito. Isabel Barbosa ficou com o bronze.

Mais conteúdo sobre:
Arthur Zanetti Ginástica

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.