Arthur Zanetti fica em 4º lugar no Mundial de Ginástica

O brasileiro Arthur Zanetti chegou muito perto do pódio no Mundial de Ginástica, que acontece em Londres. Na final da prova das argolas, neste sábado, ele conseguiu a quarta colocação, terminando com a melhor performance do Brasil na competição.

AE, Agencia Estado

17 de outubro de 2009 | 13h11

Depois de ter se classificado para a final com o oitavo lugar nas eliminatórias, Arthur melhorou sua performance neste sábado. E, com a nota 15,325, ele ficou perto do pódio. "É uma emoção muito grande", disse o brasileiro, em entrevista ao SporTV.

Com apenas 19 anos, Arthur contou que o resultado deste sábado lhe dá confiança para buscar no futuro medalhas em grandes competições da ginástica artística. "Dessa vez, bateu na trave, mas na próxima eu quero subir no pódio", avisou o brasileiro.

Com o quarto lugar de Arthur, o Brasil encerrou sua participação no Mundial de Londres. Além dele, outros dois brasileiros disputaram final, ambos no individual geral: Bruna Leal ficou na 14ª colocação e Sérgio Sasaki terminou na 19ª posição.

O título mundial nas argolas foi para o chinês Yan Mingyong, que somou 15,675 na final deste sábado. A medalha de prata ficou com o búlgaro Jordan Jovtchev, com 15,575. E o bronze terminou com o ucraniano Oleksandr Vorobiov, com 15,550.

A medalha de ouro de Yan Mingyong nas argolas foi uma das três conquistadas pela China nas finais deste sábado no Mundial de Londres. He Kekin venceu na prova das barras assimétricas e Zhang Hongtao ganhou no cavalo com alças.

Os outros dois campeões mundiais definidos neste sábado foram a norte-americana Kayla Williams (salto) e o romeno Marian Dragulescu (solo). Neste domingo, no último dia da competição, acontecem as finais de mais cinco aparelhos.

Tudo o que sabemos sobre:
ginásticaArthur Zanetti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.