STR/EFE
STR/EFE

Artilheiro do Japão diz admirar futebol de Hulk

Shinji Okazaki diz que admira atacante brasileiro devido a sua força física

EDUARDO BRESCIANI, Agência Estado

13 de junho de 2013 | 21h24

GAMA - Maior artilheiro da seleção japonesa entre os convocados para a Copa das Confederações, o atacante Okazaki afirmou nesta quinta em entrevista após o treino da equipe no Distrito Federal que o jogador brasileiro da seleção que ele mais admira é Hulk. Contestado por parte da torcida, o atacante do Zenit foi titular com Felipão nos dois últimos jogos de preparação para a estreia contra o Japão no próximo sábado e foi vaiado em ambos.

A surpreendente resposta do atacante japonês do Stuttgart, da Alemanha, se deve ao fato de o brasileiro ter atuado por três anos no futebol do Japão. Okazaki afirma que admira o brasileiro por sua força física. "É uma característica que não se vê muito no Japão", completou.

Okazaki disse ficar feliz pelo reconhecimento de sua história pela seleção japonesa e espera poder manter sua fama de artilheiro no jogo contra o Brasil. Com 33 gols em 62 jogos, o atacante é o terceiro maior goleador da seleção de seu país em toda a história. O último deles foi marcado no jogo contra o Iraque, nessa semana, antes do embarque para o Brasil. O atacante não tem a mesma média de gols em seu atual clube. No Stuttgart fez 10 gols em 63 jogos.

Hulk, por sua vez, já deu declarações de que o reconhecimento de seu trabalho acontece mais fora do Brasil por ter feito sua carreira basicamente jogando por times estrangeiros. No Brasil ele jogou apenas no Vitória, de onde saiu para o futebol japonês. Antes de ir para o Zenit, Hulk jogou no Porto, passagem que o levou pela primeira vez para a seleção brasileira em 2009, ainda na era Dunga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.