Lionel Bonaventure/AFP
Lionel Bonaventure/AFP

Aru tira Froome da liderança da Volta da França após etapa vencida por Bardet

Ciclista italiano passa ser o detentor da camiseta amarela

Estadao Conteudo

13 de julho de 2017 | 13h58

A Volta da França tem novo líder. Nesta quinta-feira, o francês Romain Bardet venceu a exigente etapa montanhosa entre Pau e Peyragudes, com um percurso de 214,5 quilômetros, mas quem teve ainda mais o que comemorar foi o italiano Fabio Aru, que ultrapassou o britânico Chris Froome na classificação geral e passou ser o detentor da camiseta amarela.

Os companheiros de Froome na equipe Sky conseguiram controlar o estágio, concluído na estação de esqui de Peyragudes, até o seu quilômetro final, quando o três vezes campeão da Volta da França não conseguiu manter o ritmo, com Aru se movendo para abrir vantagem e o britânico só conseguindo acompanhá-lo por alguns metros, enquanto Bardet foi quem mais exibiu força na chegada, garantindo o seu triunfo.

Bardet venceu a 12ª etapa da Volta da França com o tempo de 5h49min38, com uma vantagem de dois segundos para o colombiano Uran e Aru, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Froome, por sua vez, ficou em sétimo lugar e a 22 segundos do francês.

Com isso, a classificação geral se alterou, com Aru passando a ocupar o primeiro lugar com o tempo de 52h51min49 após iniciar a etapa a 18 segundos de Froome. O britânico, agora o segundo colocado, tem uma desvantagem de seis segundos. Bardet está na terceira posição, 25 segundos atrás, dez à frente de Uran, o quarto colocado.

Esta foi a terceira vez em que Bardet venceu uma etapa da Volta da França, sendo a primeira em 2017. E ele classificou a sua sensação com o resultado, que aumenta as suas esperanças a ser o primeiro local a ser campeão da prova desde 1985, como uma "alegria imensa".

Bardet revelou que anteriormente visitou a estação de esqui para avaliar as condições do final da etapa. "Eu sabia que isso poderia funcionar. Eu fui paciente. Eu fiz a diferença no final, não havia muito a fazer antes com o vento e a estação de esqui", acrescentou.

A Volta da França prossegue nesta sexta-feira com a disputa da 13ª etapa, também montanhosa, entre Saint-Girons e Foix, com um percurso de 101 quilômetros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.