As expectativas

Pilotos falam o que esperam do ano

, O Estadao de S.Paulo

26 de março de 2009 | 00h00

A 60.ª temporada da Fórmula 1 terá 10 equipes e 20 pilotos. Os treinos livres começam hoje à noite, às 22h30, no horário de Brasília, em razão de Melbourne, na Austrália, encontrar-se 14 horas adiante. Dezessete pilotos falam sobre suas expectativas nestas e nas duas próximas páginas. Os brasileiros estão nas págs. 28 e 29MCLARENHEIKKI KOVALAINEN"Vamos começar a temporada deste ano com um carro que ainda não é como o de 2008, rápido e confiável desde o começo. O atual é resistente, mas será mais veloz em breve."FERRARIKIMI RAIKKONEN"Não vou ser outro piloto, como me perguntaram recentemente. Serei o mesmo, apenas espero que as coisas se encaixem, o que faltou em 2008. Temos outro grande carro."MCLARENLEWIS HAMILTON"Neste instante, não estamos no estágio de desenvolvimento que imaginávamos, mas estou confiante de que cresceremos e seremos bem fortes neste campeonato."BMWROBERT KUBICA"Por causa do Kers e por não terem aumentado o peso mínimo do carro, sou penalizado por ser alto e mais pesado. Temos um bom carro, mas não para vencer já a Ferrari e a Brawn."BMWNICK HEIDFELD"Avançamos neste ano, mas menos do que de 2007 para 2008. O Kers pode ajudar no meu caso (por ser baixo e leve), mas vejo nosso time um pouco aquém de Ferrari e Brawn."RENAULTFERNANDO ALONSO"O último teste mudou meu ânimo para a Austrália. As modificações melhoraram muito o carro e para lá irão outras. Começo a acreditar ser possível lutar pela vitória."TOYOTAJARNO TRULLI"Não posso esperar outra coisa senão conquistar pódios seguidos e a primeira vitória da Toyota na F-1. Simulamos tudo na pré-temporada e fomos bem em todas as condições."TOYOTATIMO GLOCK"Tive dificuldades, no ano passado, no começo (marcou pontos em apenas uma das primeiras 10 etapas), mas agora a minha realidade e da equipe são outras, muito melhores."TORO ROSSOSEBASTIEN BOURDAIS "Achei que por ser minha segunda temporada tudo seria mais fácil, ao menos do meu lado de piloto, mas nossa equipe foi a que menos treinou, menos até que a Brawn."TORO ROSSOSEBASTIEN BUEMI"Realizei vários testes com o carro de 2008 para entender melhor a F-1, um novidade para mim. Quanto ao novo carro, bem diferente do anterior, quase não o conheço."RED BULLSEBASTIAN VETTEL"Nos primeiros testes estávamos dentre os primeiros. Depois, todos avançaram e nós não os acompanhamos. Mas o novo carro tem uma base incrível de desenvolvimento".RED BULLMARK WEBBER"Descobri depois de quase recuperado da fratura da perna uma lesão no ombro, que me prejudicou. Agora estou bem. O que me anima é o alto potencial do novo carro".WILLIAMSNICO ROSBERG"Espero que não seja como no ano passado, quando compreendemos ter um bom carro mas não pudemos desenvolvê-lo. Agora, de novo, o FW31 nasceu rápido."BRAWN GPJENSON BUTTON"Estou, de fato, bastante ansioso com a corrida da Austrália. Não vejo a hora de enfrentar o desafio de tirar tudo do nosso novo carro. O fim de semana promete bastante".FORCE INDIAGIANCARLO FISICHELLA"A equipe deu enorme passo adiante com o novo carro (uma McLaren pouco modificada). Será possível para nós marcarmos pontos com frequência e até pensar num pódio."FORCE INDIAADRIAN SUTIL"No começo dos treinos deste ano achei que iríamos surpreender, mas depois vi que avançamos muito, mas nossos adversários ainda mais. Prefiro esperar Melbourne para ver."WILLIAMSKAZUKI NAKAJIMA"O carro deste ano é melhor que o de 2008. No último teste simulamos classificação e estabelecemos tempo compatível com os melhores. Em corrida ainda falta um pouco."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.