Astro do Brasil cai na 1.ª luta

Tiago Camilo perde de sul-coreano e País segue sem medalha no Mundial

, O Estadao de S.Paulo

29 de agosto de 2009 | 00h00

Mais um dia de decepção para o judô brasileiro no Mundial de Roterdã, Holanda. Outros dois judocas do País ficaram longe de conquistar medalhas na competição ontem. Tiago Camilo, campeão mundial e maior esperança de medalha do Brasil, e Maria Portela foram eliminados precocemente do torneio.Agora, a torcida por pódio fica limitada ao último dia de disputas, hoje, com Luciano Corrêa (até 100 kg), Daniel Hernandes (mais de 100 kg) e Rochelle Nunes (mais de 78 kg).A participação de Tiago foi decepcionante. Campeão mundial em 2007 na categoria -81 kg e dono de duas medalhas olímpicas, ele era a principal aposta do Brasil. Lutou por uma categoria diferente (-90 kg) e durou apenas 1m58s no tatame. Vacilou e foi derrotado por ippon pelo jovem sul-coreano Kyu-Won Lee, de 20 anos, logo na sua primeira luta na competição - Lee acabou com o ouro."A primeira coisa a fazer é esfriar cabeça, mas vou continuar caminhando", declarou o lutador, sem conseguir esconder o desapontamento. "Estou num ciclo novo, numa categoria nova. Já enfrentei inúmeras dificuldades na minha carreira e sei o que é dar a volta por cima. Não vou me desmotivar, vou continuar acreditando. Agora é relaxar. Infelizmente, esporte é isso, eu estava bem na luta e de repente levei um golpe, acontece."Maria Portela (-70 kg) venceu a primeira luta, por yuko (punição), contra a norte-coreana Jong Hui Hyon. Na segunda, porém, foi vencida pela eslovena Rasa Sraka, por um wazari. "Vacilei, dei muito a manga para ela e numa passada em que errei ela me jogou", afirmou a brasileira. "Tentei buscar depois, mas estava demorando a pegar na gola dela e não deu. Só foi cair a ficha de que eu vinha representar o Brasil no Mundial depois que vim para cá. Fiquei feliz por representar o País, mas triste por não ter conseguido ir além, acreditava que poderia ir até a final." Com essas derrotas, o País não soma medalha no quadro do evento. A melhor participação foi de Sarah Menezes (-48 kg) e Rafaela Silva (-57 kg), que terminaram no 5º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.