Divulgação/São Paulo FC
Divulgação/São Paulo FC

Atacante Cristiane é anunciada pelo São Paulo e volta a atuar no Brasil

Estrela da seleção brasileira, a jogadora de 33 anos estava atuando em um clube da China

Redação, Estadao Conteudo

14 de janeiro de 2019 | 16h25

A volta do São Paulo ao futebol feminino profissional ganhou um reforço de peso nesta segunda-feira. O clube paulista anunciou a contratação da atacante Cristiane, de 33 anos, que ao lado de Marta se tornou o grande nome da seleção brasileira nos últimos tempos.

"Eu acho que é o sonho de toda atleta, de todo mundo, representar um grande clube. E hoje, eu represento o São Paulo. Estou feliz demais. É uma alegria muito grande e eu espero poder representar à altura do clube", declarou a jogadora ao site oficial do clube.

Nome constantemente convocado para a seleção há mais de 15 anos, Cristiane tem uma carreira de sucesso e já vestiu as cores de clubes como Corinthians e Santos, no Brasil, além de Wolfsburg, Paris Saint-Germain e outros no exterior. Seu último clube foi o Changchun Yatai, da China.

"Muitos irão se perguntar o porquê de trocar o futebol europeu para jogar no Brasil. Primeiro, fiz isso para estar perto da minha família e da minha mãe. Segundo, porque o São Paulo foi o clube que fez um esforço gigante para que eu pudesse trabalhar com eles nesse ano. O projeto é grande, com uma estrutura que qualquer atleta se sentiria feliz e honrada!", escreveu em sua página no Instagram.

A chegada da atacante, medalha de prata nas Olimpíadas de Atenas-2004 e Pequim-2008, também foi comemorada no clube. "A contratação da Cristiane demonstra a forma séria como o São Paulo entra no projeto do futebol feminino. Estamos muito felizes por termos concretizado essa negociação, que eleva nossa equipe principal a outro patamar, e esperamos que a Cristiane nos ajude a obter o êxito que desejamos e que o projeto merece", disse o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

A contratação de Cristiane acontece justamente no dia que marca o retorno do São Paulo ao futebol feminino profissional. O elenco montado para a temporada realizou seu primeiro treinamento, e o clube divulgou um manifesto em seu site oficial para marcar a data.

"Após dois anos investindo nas categorias de base, o São Paulo resolveu dar um passo a mais na concretização do sonho de investir na modalidade e anuncia o retorno da equipe principal aos gramados. Nesta segunda-feira, o clube oficializa a data do futebol feminino tricolor. Um marco histórico para a modalidade, que deve ser comemorado todos os anos como o renascimento e o compromisso assumido com as mulheres representantes do futebol nos gramados do Morumbi", apontou.

No final da década de 1990, o São Paulo se consagrou como um dos grandes times da modalidade, com atletas como Kátia Cilene, Sissi e Formiga. Quatro anos após o início do clube no futebol feminino, porém, o projeto foi encerrado em 2001. Ainda houve um retorno em 2015 para o Campeonato Paulista, antes desta volta, reforçada por Cristiane.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.