Ataque de Muricy não assusta ninguém

Em 12 jogos, São Paulo marcou 9 vezes. Produção é a menor desde 1995

Martín Fernandez, O Estadao de S.Paulo

21 de julho de 2007 | 00h00

O São Paulo de Muricy Ramalho tem o segundo pior ataque da era dos pontos corridos no Campeonato Brasileiro, iniciada em 2003. Em 12 rodadas, fez nove gols - mesma produção ofensiva do América-RN, penúltimo colocado. Só o Fortaleza, em 2006, teve desempenho pior: oito gols, nos primeiros 12 jogos. E o time do Ceará acabou rebaixado no ano passado.O Atlético-PR em 2005 e o Juventude em 2003 também tinham 9 gols em 12 jogos. Ambos ocupavam posições incômodas na tabela. O Atlético era o penúltimo colocado. E o Juventude era o 22º em 24 participantes.Pior: desde 1995 o São Paulo não começa um Campeonato Brasileiro com um ataque tão estéril. Naquela temporada, o time chegou à 12ª rodada com os mesmos 9 gols anotados neste ano. No entanto, dividia as atenções (e o time) com a Supercopa, competição sul-americana já extinta, da qual participavam os campeões da Libertadores.No ano passado, em que chegou ao título, o time do Morumbi assumiu a liderança justamente na 12ª rodada, já com 21 gols anotados. Em 2007, está a cinco pontos do líder Botafogo, que tem um jogo a menos.O artilheiro do time neste Brasileiro é o goleiro Rogério Ceni, com três gols, todos de pênalti. ''''Tenho certeza que os atacantes vão assumir esse posto em breve'''', costuma dizer o capitão. Para Muricy, a culpa da falta de gols não é do ataque. ''''Precisamos de um pensador no meio-de-campo'''', explica o treinador. Desde o início do Brasileiro, o técnico já tentou Souza, Leandro e Hugo na função de armador. Nenhum funcionou a contento de Muricy. Para o ala-direito Ilsinho, está faltando sorte. ''''Ano passado, a bola batia na trave entrava. Hoje, bate e sai'''', avalia o camisa 2.O que mantém o São Paulo numa boa posição no Campeonato Brasileiro - estava em quarto lugar, até ontem - é a defesa. Em 12 jogos, o o time foi vazado apenas quatro vezes. Em duas ocasiões, quando estava com 10 jogadores em campo.No próximo domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão, o time tem a chance de se recuperar no Brasileiro. Já são três jogos sem vitória.MARCEL NO GRÊMIOO atacante Marcel, que vinha sendo pouco aproveitado no Morumbi, acertou sua ida para o Grêmio. O atleta, que pertence ao Benfica, fica até dezembro no Estádio Olímpico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.