Ataque funciona e zaga bobeia: nada de novo

Alex Mineiro tem sido personagem constante no time palmeirense. Ontem, mais uma vez, deixou sua marca, de pênalti - foi o 10º gol do atacante no Brasileiro, artilheiro ao lado do amigo e santista Kléber Pereira.Enquanto Alex segue balançando as redes, o setor defensivo continua sem passar confiança aos torcedores. Na última rodada, Vanderlei Luxemburgo armou sua equipe com três zagueiros (Jéci, Mauricio e Gladstone), formação repetida ontem. Mas tanto quanto na vitória sobre o Santos, por 4 a 2, e no empate com o Grêmio as falhas foram visíveis.Desde que Henrique foi negociado com o Barcelona, o Palmeiras tem sofrido lá atrás e ainda não conseguiu achar um substituto para o atleta. O problema é que David e Gustavo, que seriam os titulares, estão machucados. Na quarta-feira, contra o Flamengo, no Palestra Itália, Mauricio está suspenso e Gustavo pode pintar como novidade.Ontem, além da zaga desentrosada, o time jogou com dois volantes que também são reservas: Sandro Silva e Jumar. Após o gol de Alex Mineiro, a equipe recuou e deu espaços para que o Grêmio chegasse ao empate - Anderson não tinha marcação nenhuma quando pegou rebote de Marcos para marcar.Contra o Flamengo, Luxemburgo já deve ter a volta de Pierre e Martinez. Assim, com Valdivia, que ontem estava suspenso, o treinador espera uma melhor atuação do seu time. A sorte alviverde é que por enquanto Alex Mineiro tem cumprido muito bem seu papel.

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

28 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.