Ataque palmeirense segue sem definição

O ataque titular do Palmeiras em 2008 segue com dificuldades para se repetir na próxima temporada. Alex Mineiro e Kléber ainda não conseguiram renovar e estão sem saber onde vão atuar em 2009.Kléber viajaria ontem para a Ucrânia para conversar com o presidente do Dínamo de Kiev, mas cancelou a viagem. O clube europeu já avisou que não vai diminuir o valor de U$S 8 milhões pedido pelo atleta e a negociação, de acordo com a diretoria palestrina, deve ser definida apenas na primeira semana de janeiro.Dois clubes europeus estão de olho no futebol do atacante, que também já despertou interesse do Corinthians e do Internacional. Kléber não se cansa de dizer que seu sonho, caso não fique mesmo no Palmeiras, é seguir no futebol brasileiro.Alex Mineiro também encontra-se em situação de dúvida. O Palmeiras já ofereceu novo contrato de um ano ao atleta, mas falta chegar a um acordo salarial - o atleta pede mais do que o clube oferece. "A negociação vai longe ainda", admite o empresário Marcelo Robalinho. "Ele tem outras propostas de fora e estamos analisando." COMPLICADOO zagueiro Edu Dracena afirmou ontem ao UOL Esportes que dificilmente jogará no Palmeiras no ano que vem. "Sou titular aqui há mais de dois anos e acho difícil me liberarem", disse o zagueiro do Fenerbahçe, que sonha um dia voltar a trabalhar com o técnico Vanderlei Luxemburgo. "Com certeza se eu voltar ao Brasil, para uma equipe como o Palmeiras, com o Luxemburgo, fica mais fácil jogar na seleção, porque o Dunga vai observar todo dia. Se houver mesmo o interesse, ficarei feliz", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.