Até atletas se assustam com nome na lista

A convocação de Mano Menezes para o Superclássico das Américas da semana que vem pegou de surpresa até mesmo alguns dos jogadores chamados para a partida contra a Argentina. Um deles é Durval, zagueiro do Santos que vestirá a camisa da seleção brasileira pela primeira vez.

RIO, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2012 | 02h04

"Não estava acreditando. Fiquei meio cismado, sem saber se era verdade ou não", contou Durval, ao lembrar do momento em que recebeu a notícia da convocação na manhã desta terça-feira. Depois, ele logo passou a ser cumprimentado pelos companheiros do Santos e, quando "caiu a ficha", revelou sua alegria por poder defender a Seleção.

"Estou muito emocionado. Sempre sonhei defender a Seleção e tive essa oportunidade agora de ser convocado. Espero fazer o melhor", afirmou o zagueiro, que terá a companhia de dois companheiros do Santos na disputa do Superclássico das Américas, o volante Arouca e o atacante Neymar. "Com o Neymar junto, vai facilitar", completou.

Outro que foi surpreendido pela convocação foi o meia Fellype Gabriel, do Botafogo. "Estou feliz, não sabia que teria o amistoso. Espero ir lá e ajudar a Seleção. A ficha não caiu. Agradeço aos companheiros, à comissão, à diretoria. Espero fazer o melhor, como faço aqui. Vou comemorar e permanecer focado. Estou surpreso e muito feliz."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.