Atenas deve receber ultimato do COI

O novo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o belga Jacques Rogge, começou nesta terça-feira sua primeira visita de inspeção em Atenas, sede dos Jogos Olímpicos de 2004.Rogge e o vice-presidente do COI e novo titular da Comissão de Coordenação dos Jogos de Atenas, Dennis Oswald, vão examinar minuciosamente os preparativos que estão sendo executados e comunicar ao governo grego que a realização dos Jogos corre perigo em caso de não ser cumprido o cronograma de obras previsto.O ultimato será transmitido por Oswald ao primeiro ministro Kostas Simitis, segundo declarou o próprio vice-presidente do COI, no domingo, ao semanário alemão Welt am Sonntag.A construção de uma série de instalações desportivas para os Jogos ainda não começaram, segundo reconheceu a imprensa grega : "Cuidado, Oswald vem aí", advertia o diário ateniense Eleftherotypia.O jornal grego afirma que no local onde deverá ser construída a vila olímpica, ao norte de Atenas, na parte baixa da montanha Parnitha, existem apenas algumas escavadoras. Sem contar que a vila está situada em um lugar de difícil acesso para quem está de carro.Por outro lado, a construção dos ginásios para tênis de mesa, luta e levantamento de pesos tão pouco tiveram início. Além disso, onde deveriam estar as instalações para a competição do vôlei de praia, ainda estão clubes noturnos e cafés.A imprensa grega também alertou para a demora na construção da linha de metrô que deverá ligar Atenas ao novo aeroporto Eleftherios Venizelos. Ainda de acordo com o jornal, Rogge e Oswald vão conversar com o governo grego sobre um novo e forte programa de segurança para os Jogos de Atenas, tendo em vista os recentes atentados terroristas nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.