Atenas terá segurança de 50 mil do exército

O governo grego anunciou nesta terça-feira que 50 mil soldados do exército do país serão destacados para fazer a segurança dos Jogos Olímpicos de Atenas, que acontecem em agosto. O ministro da Defesa da Grécia, Yanos Papantoniu, admitiu que é uma grande responsabilidade organizar evento de tal magnitude diante da ameaça de terrorismo. Por isso mesmo, a Grécia receberá ajuda de outros 7 países - Espanha, Grã-Bretanha, França, Alemanha, Israel, Austrália e Estados Unidos - para fazer a segurança da Olimpíada. Além do exército, a polícia grega se dedicará totalmente aos Jogos, além da Marinha e da Força Aérea, que irão proteger a costa e o espaço aéreo da cidade de Atenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.