Divulgação/ Brentford
Divulgação/ Brentford

Atletas do Brentford se negam a ajoelhar antes de jogo e afirmam que ação 'não está tendo impacto'

Por meio de uma nota oficial, a equipe reforçou o seu compromisso no combate ao racismo, mas explicou que pode promover a igualdade racial de outras maneiras

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2021 | 12h53

Os jogadores de Brentford, time da segunda divisão inglesa, se recusaram a ajoelhar antes da partida contra o Barnsley, neste domingo. A ação vem sendo repetida para apoiar o movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), mas o gesto "não está mais tendo impacto", segundo os atletas.

Por meio de uma nota oficial, a equipe reforçou o seu compromisso no combate ao racismo, mas explicou que pode "promover a igualdade racial de outras maneiras". A decisão de recusar o movimento vem sendo apoiada por outros jogadores, caso do atacante Wilfried Zaha, do Crystal Palace, que se pronunciou na última semana afirmando ser "degradante" ter que se ajoelhar para mostrar a importância do tema.

Em campo, o Brentford acabou sendo derrotado pelo Barnsley por 2 a 0.

Confira a nota da equipe:

“Desde junho, estamos ajoelhados antes dos jogos, mas, como muitos de nossos colegas jogadores em outros clubes, não acreditamos mais que isso esteja tendo impacto. Acreditamos que podemos usar nosso tempo e energia para promover a igualdade racial de outras maneiras. Como um grupo, estamos totalmente apoiados e orgulhosos do desejo de Brentford de se tornar o clube mais inclusivo do país e do esforço em direção à igualdade. Experimentamos o abuso racista em primeira mão e também vimos alguns comentários terríveis feitos a outros jogadores no passado e no presente. Há uma necessidade clara de continuar a pressionar pelo fim de toda discriminação e, como jogadores, faremos parte disso no Brentford FC, no futebol em geral e na comunidade em geral. O racismo é o oposto do que defendemos. Como jogadores, mostraremos nosso compromisso com a união e a igualdade racial dentro e fora do campo até o final da temporada e depois”, diz o comunicado dos jogadores do Brentford, clube da capital Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.