Atlético de Madrid vende atacante Borja por valor recorde ao Swansea

O Swansea anunciou nesta quinta-feira a contratação de Borja Baston, centroavante de 23 anos que pertencia ao Atlético de Madrid e disputou a última temporada pelo Eibar, pelo valor de 18 milhões de euros (cerca de R$ 63 milhões).

Agência Estado, Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2016 | 10h02

O reforço, assim, se tornou o mais caro da história do Swansea. Antes, a negociação recorde havia sido do atacante marfinense Wilfried Bony, contratado do holandês Vitesse. O atual jogador do Manchester City foi comprado na época por cerca de R$ 50 milhões.

Revelado pelo próprio Atlético de Madrid, Borja jamais conseguiu se consolidar no clube após subir ao time principal, ainda muito jovem, em 2010. Desde então foi emprestado ao Deportivo La Coruña e ao Zaragoza, entre outros clubes espanhóis, até chegar ao Eibar e se destacar na última temporada, chamando a atenção do Swansea.

"O jogador de 23 anos garante que sua transferência terá um efeito positivo e representará um bom início no Campeonato Inglês", publicou o Swansea em seu site oficial. "Quero 'pagar' essa transferência com boas performances e resultados", acrescentou Borja.

A chegada de Borja ocorre um dia após a saída de Ashley Williams, capitão do País de Gales e grande referência da equipe nos últimos anos. O zagueiro foi negociado ao Everton com a difícil missão de substituir John Stones, defensor da seleção inglesa, que foi vendido ao Manchester City por aproximadamente R$ 206 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.