Atlético-MG arrasa Fla de Luxemburgo

Em sua luta contra a queda para a Série B, o Atlético-MG deu um importante passo ontem: goleou o Flamengo por 4 a 1, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. A maioria dos 16.465 pagantes deixaram o estádio cantando como há muito não se via.

, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2010 | 00h00

O resultado tirou a equipe mineira das proximidades da zona do rebaixamento e o levou para o 14.º lugar, com 39 pontos. Já o humilhado Flamengo ficou uma posição acima, com 40.

Eliminado pelo Palmeiras da Copa Sul-Americana, no meio de semana, o Atlético-MG entrou em campo com um único objetivo em mente: vencer ou vencer. E o time foi para cima do Flamengo com muito ímpeto. Mas só foi abrir o placar aos 34 minutos de jogo, com Obina. Dez minutos depois, veio o segundo gol, com Renan Oliveira.

"Peço desculpas ao torcedor atleticano por não ter comemorado o primeiro gol, mas pelo tempo que passei no Flamengo tenho de ter respeito", explicou Obina no intervalo da partida.

Na segunda etapa, o Atlético-MG continuou atacando . O Flamengo praticamente se limitava a defender, sem forças para ameaçar o gol adversário.

Assim, não foi surpresa para ninguém quando o time mineiro marcou terceiro gol, com Diego Tardelli, aos 23minutos. Três minutos depois, Renan Oliveira fez 4 a 0. Aos 29, Marquinhos faz o gol de honra flamenguista. Depois disso, o Atlético voltou a dominar a partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.