Atletismo: definida equipe do Mundial

Vinte atletas vão representar o Brasil no Mundial de Edmonton, no Canadá, previsto para ser realizado entre os dias 3 e 12 de agosto. A delegação brasileira foi confirmada no último dia de disputa do Troféu Brasil de Atletismo, vencido pela Funilense/São Caetano, que conquistou o nono título consecutivo, neste domingo, no Estádio Célio de Barros, no Complexo Maracanã. Após três dias de intenso calor, a chuva atrapalhou o desempenho dos atletas e impediu a obtenção de índices para o Mundial. Lucimar Aparecida de Moura (Vasco), que no sábado ficou a cinco centésimos da marca de 23s para competir no Canadá, hoje sagrou-se campeã dos 200m rasos, mas piorou seu tempo em 14c. "Não estou triste. Passo a pensar no Mundial Universitário de Pequim, também em agosto. O desafio será maior, pois vamos montar uma equipe de revezamento 4x100m rasos", disse Lucimar. Segundo a atleta, o revezamento feminino brasileiro também em condições de realizar grandes conquistas se tiver apoio. Outros que tentaram o índice para o Mundial foram Valdinei Abílio da Silva (Funilense/São Caetano), Hudson Souza e Osmar dos Santos (ambos do São Raimundo/AM) na prova de 800m rasos, mas ficaram distantes da marca 1min45s50. Da Silva venceu a disputa com 1min45s81. A saltadora Maurren Higa Maggi (Funilense/São Caetano) precisou somente de um salto para superar o recorde de Troféu e conquistar o título de campeã na prova de salto em distância, estabelecendo a marca de 6,70m. "Agora é só alegria. Vai estar todo mundo nervoso no Mundial e ganhará aquela que saltar bem", disse. Apesar de suas vitórias e do respeito conquistado internacionalmente, Maurren confessou que ainda está em busca do amadurecimento. "Sou a mesma e choro como no início da minha carreira. A convivência com as outras atletas também tem me ajudado", considerou a saltadora, lembrando que por falar espanhol e um pouco de italiano tem estado mais próximas das estrelas Fiona May e a cubana naturalizada espanhola Niurka Montalvo. O outro recorde do Troféu superado neste domingo foi na prova masculina de salto em altura com Fabrício de Azevedo Romero (Sogipa), que saltou 2,22m. Já Isabel Rocha Silva (Funilense/São Caetano) correu os 400m com barreiras, em 57s02, e estabeleceu uma nova marca brasileira. Na prova de 200m rasos, André Domingos (Ulbra/Prudente) confirmou seu favoritismo e venceu com o tempo de 20s72. Claudinei Quirino (Ulbra/Prudente), que terminou em segundo (20s75), sentiu dores no estômago e na virilha esquerda após a disputa da prova. "Isso é normal, já que estou voltando de contusão", disse ele, que em seguida integrou a equipe vencedora da prova de revezamento 4x400m rasos (3min06s45).A inscrição da equipe de revezamento 4x 400m para a disputa do Mundial foi confirmada neste domingo pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). O técnico Luiz Alberto de Oliveira convocou Quirino, Sanderley Parrela (São Raimundo/AM), Eronildes Nunes de Araújo (Ulbra/Prudente), Valdinei Abílio da Silva (Funilense/São Caetano), além de Flávio Godoy e Anderson Jorge de Oliveira (ambos do Vasco).Com 483 pontos, a equipe de São Caetano foi pela nona vez campeã brasileira. O Vasco terminou em segundo (275,5), seguido por Ulbra/Prudente (136), Flamengo (56) e São Raimundo (45). Ao final da disputa foram eleitos dois representantes para a Comissão dos Atletas: Edgar Martins de Oliveira (Ulbra) e Eronildes Nunes de Araújo (Ulbra/Prudente).A surpresa do dia ficou para a eleição do atleta com melhor índice técnico: Walmes Rangel de Souza (Vasco), que venceu os 110m com barreiras, com o tempo de 13s75. No feminino a eleita foi Lucimar Moura. "Me surpreendeu, principalmente por ter ressurgido das cinzas.Estive afastado do atletismo durante três anos, por ter me envolvido com drogas e por causa de contusões", festejou Rangel. "Agora, sou um outro homem e quero que isso sirva de exemplo para outras pessoas. O mais importante disso tudo é que a minha fé em Deus fez com que eu voltasse para a vida esportiva, que é muito mais saudável e construtiva."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.