Atletismo teve problemas com a comida

A comida no camping que a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) promoveu em Huelva, na Espanha, não agradou e deixou doente uma parte dos atletas brasileiros que depois seguiu para os Jogos de Atenas. A confirmação sobre o problema foi do velocista Edson Luciano Ribeiro.Nesta sexta-feira, ainda usando o seu uniforme de competição, Edson Luciano apareceu na zona mista para conversar com a imprensa todo empipocado (pequenas bolhinhas de pus) nos braços, nos ombros e no peito, fruto de uma alergia a carne de porco, o principal prato do menu do hotel em que os atletas do Brasil se hospedaram em Huelva, no último camping da delegação antes da chegada em Atenas.Jadel Gregório, quinto colocado no salto triplo, já havia insinuado que "algo" havia atrapalhado sua preparação, sem deixar claro o que aconteceu. "Desculpa de mal perdedor", defendeu-se nesta sexta-feira o chefe da delegação, Martinho Nobre dos Santos. Ele esclareceu que o sistema de campings foi discutido e aprovado pelos técnicos brasileiros. Os meio-fundistas, junto com o técnico Luiz Alberto de Oliveira, chegaram à Huelva no dia 19 de julho e o restante da equipe desembarcou lá no dia 27 - no dia 18 de agosto todos estavam em Atenas. "Falamos muito com o maitre e até com o cozinheiro, mas os hábitos na Europa são diferentes", disse Martinho Nobre.Sem saber que o assunto voltou à tona nesta sexta-feira por causa das visíveis bolhas no corpo de Edson Luciano, Martinho afirmou que "mudanças no cardápio não esticariam o salto de Jadel".Mesmo sem reclamar, Edson Luciano Ribeiro revelou que o cardápio em Huelva "atrapalhou um pouquinho" o treinamento. "Era só carne de porco. Esse era o prato principal. Se comer dois ou três dias não tem problema, mas nós ficamos quanto tempo lá? Mais de 15 dias. Era carne de porco em bife, refogada, com batata frita..." Edson Luciano teve alergia e André Domingos sofreu com diarréia. "O Jadel teve não sei o quê. Não sei se foi diarréia", contou o velocista, que participou da classificação do revezamento 4x100 metros para a final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.