Atletismo usa campings para se preparar

O atletismo vai utilizar os treinamentos e competições em campings no exterior, organizados segundo o interesse dos atletas e das características de cada prova, na preparação para a Olimpíada de Atenas. O coordenador do Conselho de Técnicos da Confederação Brasileira de Atletismo, Carlos Alberto Cavalheiro, que está em San Diego, nos Estados Unidos, confirmou a agenda de campings. Os velocistas do revezamento 4 x 100 metros estarão reunidos sob o comando do técnico Jayme Netto Júnior, em San Diego, na Califórnia, de 28 de março a 17 de abril. Na prova, o Brasil tem o bronze de Atlanta (1996) e a prata de Sydney (2000).O treinamento dos velocistas será ao nível do mar e totalmente financiado pela Confederação Brasileira de Atletismo para os atletas que já fizeram o índice olímpico, como Edson Luciano Ribeiro e Jarbas Mascarenhas Júnior, nos 100 metros, e Claudinei Quirino da Silva, Cláudio Roberto Souza e André Domingos da Silva, nos 200 m. O barreirista Matheus Inocêncio estará nesse grupo.Para os maratonistas, marchadores, meio-fundistas e alguns agregados, como a arremessadora do peso Elisângela Adriano, que escolheu integrar-se a esse grupo, o camping será na altitude de 2.700 metros de Big Bear, na Califórnia (EUA), de 14 de março a 20 de abril. "Os campings serão em locais a duas horas de Los Angeles e de San Diego, no principal roteiro de competições do atletismo norte-americano nessa época do ano. Teremos Montesec, reunião importante, nos dias 18, 19 e 20 de março, e até uma prova de marcha de 20 km, nos dias 20 e 21, em Tijuana, no México", explicou Cavalheiro.Alguns atletas, como Hudson de Souza, campeão nos 1.500 e nos 5 mil metros nos Jogos Pan-Americanos de São Domingos, seguirão para os Estados Unidos, independentemente dos campings, em busca de índice.Hudson viaja terça-feira para Tucson, ao encontro do técnico Luiz Alberto de Oliveira, para tentar o índice nos 3 mil metros para o Mundial Indoor de Budapeste, de 5 a 7 de março, e nos 1.500 metros para a Olimpíada.No segundo semestre, a CBAt repetirá os campings, de velocidade e de fundo e meio-fundo, de 30 de junho a 3 de agosto, na Europa (Itália ou Espanha). O último camping, com todos os atletas classificados para a Olimpíada, será em Huelva, na Espanha, de 8 a 15 de agosto. A cidade foi escolhida por ser a sede do Ibero-Americano, a última competição antes dos Jogos de Atenas.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2004 | 20h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.