Juan Jo Martín/EFE
Juan Jo Martín/EFE

Atual campeã, Ana Marcela fica em 5º na prova de 25km

Brasileira chegou a ficar na segunda colocação durante a prova

AE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 11h05

BARCELONA - Atual campeã, a nadadora Ana Marcela Cunha não conseguiu repetir neste sábado o título conquistado nos 25km do último Mundial de Esportes Aquáticos. Em Barcelona, a brasileira não passou do 5º lugar. Com o tempo de 5h07min23s, ela chegou 3s7 atrás da campeã Martina Grimaldi, da Itália.

Ana Marcela, que sofreu queimaduras de água-viva durante a prova, chegou a figurar em segundo lugar quando faltavam 2,4km para o fim da maratona. No entanto, sentiu cansaço no fim e não conseguiu dar um sprint final nos últimos metros. "Estou muito cansada, nem estou sentindo o meu rosto ainda, óculos e touca apertados, pena que não veio a medalha, mas tenho que aceitar pois fiz o meu melhor", comentou a nadadora.

"Estou feliz pela 5ª colocação pois nadei bem e agora no fim tentei dar um sprint, doeu um pouquinho, mas estava muita cansada e não consegui", disse Ana Marcela, que havia conquistado a prata na prova de 10 km. "O mais importante foi a prata nos 10 quilômetros, prova olímpica, que é a nossa meta para 2015, na seletiva olímpica".

A alemã Angela Maurer (5h07min19s) faturou a medalha de prata, enquanto a norte-americana Eva Fabian (5h07min20s) levou o bronze. Na prova masculina, o melhor brasileiro na disputa foi Allan do Carmo, que também terminou em 5º. Ele completou os 25 quilômetros com o tempo de 4h47min30s.

"Fiz uma excelente prova. O final foi fortíssimo junto com os grandes atletas da modalidade. Senti que nadei muito bem e a equipe toda está de parabéns. Sinto que estou numa crescente e agora a meta é uma medalha individual no Mundial de Kazan 2015, que classifica para os Jogos Olímpicos de 2016", avaliou Allan do Carmo.

O vencedor foi o alemão Thomas Lurz (4h47min27s), seguindo do belga Brian Ryckeman (4h47min27s) e do russo Evegenii Drattcev (4h47min28s). Outro brasileiro na disputa foi Diogo Villarinho, que terminou na 15º colocação. Ele marcou o tempo de 4h50min31s3.

Com os resultados deste sábado, o Brasil se sagrou campeão das maratonas aquáticas do Mundial de Barcelona. A seleção brasileira somou 98 pontos contra 94 da Alemanha e 65 dos Estados Unidos, graças em parte aos resultados de Ana Marcela e Poliana Okimoto, medalha de ouro nos 10km.

"O trabalho do Brasil foi coroado em Barcelona. Tudo isso é fruto de muito esforço, de conversas, planejamento e investimento. Temos as maratonas no mesmo nível da natação na CBDA, com resultados que o mundo reconhece como excepcionais. Nosso objetivo é brilhar nos Jogos Olímpicos em casa", afirmou Coaracy Nunes Filho, presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.