Audax marca aos 50 minutos, vira sobre São Bento e se classifica no Paulistão

Com um gol aos 50 minutos do segundo tempo, marcado por Ytalo, o Audax tirou a classificação do São Bento às quartas de final do Campeonato Paulista e se colocou na próxima fase ao vencer a equipe de Sorocaba, de virada, por 2 a 1, em partida realizada na manhã deste domingo, no Estádio Prefeito José Liberatti, pela abertura da 14ª rodada.

Estadão Conteúdo

02 de abril de 2016 | 12h30

Com a vitória, o Audax manteve a liderança do Grupo C, agora com 24 pontos, contra 19 do São Paulo, seu provável adversário nas quartas. O São Bento continua com 24 pontos, na vice-liderança do Grupo A, atrás do Santos, com 26.

Para não depender de nenhum tropeço do Linense, o time sorocabano precisa do empate com o São Paulo na última rodada, em Sorocaba. O São Bento não perdia há cinco rodadas. Esta foi sua segunda derrota, pois antes tinha caído diante do Red Bull Brasil, por 2 a 0, em Campinas.

Buscando a classificação, Audax e São Bento fizeram um primeiro tempo aberto, com muitas chances de gols. Aos 13 minutos, Ytalo colocou a bola na cabeça de Mike, que obrigou Henal a fazer um milagre. A resposta veio nos pés de Edno. O atacante invadiu a área e arriscou o chute, porém, pegou mal na bola.

O São Bento seguiu na pressão e abriu o marcador aos 15 minutos. Marcelo Cordeiro recebeu de Régis e cabeceou para grande defesa de Sidão. No rebote, o próprio lateral chutou para o gol. A bola ainda bateu no travessão antes de parar no fundo das redes. O Audax não se abalou e foi com tudo em busca do empate. Aos 19, Bruno Paulo invadiu a área pelo lado esquerdo de campo e deu um toque na saída de Henal, encobrindo o goleiro.

Na segunda etapa, a partida perdeu qualidade. O Audax ficou com a posse de bola, pressionou o São Bento, mas não conseguiu invadir a área com liberdade. A melhor chance foi logo aos quatro minutos, quanto Ytalo dividiu com Henal e a bola ficou limpa para Camacho. O volante mandou por cima do gol.

O São Bento não abdicava ao ataque e ficou muito perto de conquistar aos três pontos aos 38 minutos. Após cobrança de Serginho Catarinense, Anderson Cavalo cabeceou à queima-roupa do goleiro Sidão, que salvou o Audax. Mas o time da casa insistia no ataque e acabou premiado no finalzinho. Após cruzamento da esquerda para a grande área, Márcio Diogo dominou e tocou de leve de calcanhar para o chute de esquerda de Ytalo no alto.

Na última rodada, o São Bento enfrenta o São Paulo no domingo, às 16h, no Estádio Walter Ribeiro. No mesmo dia e horário, o Audax visita o Santos na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:

AUDAX 2 x 1 SÃO BENTO

AUDAX - Sidão; Rodolfo, Francis, André Castro (Yuri) e Velicka; Camacho, Tchê Tchê e Juninho; Mike, Bruno Paulo (Wellingon) e Ytalo (Márcio Diogo). Técnico: Fernando Diniz.

SÃO BENTO - Henal; Bebeto, Airton, Halisson (Dogão) e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder (Alê), Serginho Catarinense, Régis e Everton Sena; Edno (Anderson Cavalo). Técnico: Paulo Roberto Santos.

GOLS - Marcelo Cordeiro, aos 15, e Bruno Paulo, aos 19 minutos do primeiro tempo. Ytalo, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores.

CARTÃO AMARELO - Bebeto (São Bento).

RENDA - R$ 19.285,00.

PÚBLICO - 3.413 pagantes.

LOCAL - Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.