Audiência de Mike Tyson no Brasil é adiada pela Justiça

Está adiada a audiência em que Mike Tyson deveria se apresentar, nesta terça-feira, no Fórum da Barra Funda. Em novembro do ano passado, o ex-campeão mundial, em visita de seis dias a São Paulo, visitou boates, conheceu mulheres e agrediu o cinegrafista Carlos Mello, do SBT.Fernando Falgitano Monaco, um dos advogados que defendem o ex-pugilista, entrou com um pedido para que ele fosse considerado tecnicamente primário. Isto porque Tyson não cometia crimes há mais de cinco anos. Sua última prisão nos EUA foi em 1999.A promotoria não concordou com o pedido e pediu que o juizado especial criminal requisitasse esta informação ao Ministério de Justiça brasileiro, que entrará em contato com o Ministério de Justiça americano para confirmar a primariedade. Só depois disso é que a audiência será retomada. Os advogados de Mello planejam entrar com uma ação de danos morais contra Tyson nos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.