Australiano bate próprio recorde mundial nos 50 metros livre

Eamon Sullivan mostra potencial e supera marca conquistada na quinta-feira com novo tempo de 21s28

Efe,

28 de março de 2008 | 08h13

O australiano Eamon Sullivan bateu o recorde mundial dos 50 metros livre pela segunda vez em dois dias, durante o Campeonato Australiano de natação. Na noite de quinta-feira, Sullivan havia quebrado a marca mundial de 21s50 que tinha sido estabelecida pelo francês Alain Bernard durante os Jogos Europeus de Eindhoven (Holanda), com um tempo de 21s41. Nesta sexta-feira, 28, o australiano superou sua própria marca, nadando os 50 metros livre em 21s28.   No dia 17 de fevereiro, durante o campeonato de natação do Estado de Nova Gales do Sul, Sullivan, com um tempo de 21s56, havia superado a marca mundial do russo Alex Popov. Mas no dia 23 de março, no Europeu de natação de Eindhoven, o francês Alain Bernard conseguiu uma nova marca mundial com um tempo de 21s50.   O australiano, de 22 anos, superou na final da competição australiana o veterano Ashley Callus, de 29, que terminou em segundo, com 22s02.   "Acredito que hoje foi um momento muito especial. Nunca pensei em alcançar tal marca. Conseguí-la me torna mais confiante e motivado para os Jogos Olímpicos de Pequim", disse Sullivan depois da prova. "Foram quatro anos de trabalho e dedicação."     Atualizado às 15h40 para correção de informação

Tudo o que sabemos sobre:
Eamon Sullivannataçãorecorde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.