Baby deve ter função especial contra a Alemanha

O pivô Rafael Araújo, o Baby, pode receber do técnico Moncho Monsalve uma função muito importante para a partida contra a Alemanha. Junto com Tiago Splitter, o jogador deve o homem que fará frente ao paredão formado por Dirk Nowitzki e Chris Kaman. Embora o técnico diga que a formação dos dois pivôs seja apenas uma das opções para o jogo - afinal, Moncho ainda espera pela recuperação de Murilo -, Baby vê nesta partida a oportunidade de reafirmar seu comprometimento com a equipe brasileira.Na contramão dos jogadores que pediram dispensa da seleção por problemas médicos, Baby preferiu fazer o inverso: deixou seu ex-clube, o Spartak Saint Petesburg, da Rússia, antes do fim da temporada para fazer uma artroscopia no joelho direito e ter condições de encarar o Pré-Olímpico. "Eu gosto de desafios e de ter responsabilidade. Se o técnico Moncho precisar estou pronto para fazer a dupla de garrafão com o Tiago e ajudar a parar o ataque alemão, especialmente os seus pivôs. Vai ser um jogo tenso e precisamos ter muita tranqüilidade para superar a forte defesa da Alemanha", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.