Bahia volta à elite e leva Figueirense de carona

O Bahia está de volta à Primeira Divisão, depois de sete anos. Garantiu o acesso ontem à noite, diante de cerca de 32 mil torcedores, ao vencer a Portuguesa por 3 a 0, no Estádio de Pituaçu. De quebra, o time baiano assegurou a promoção do Figueirense. O time catarinense havia perdido à tarde para o já ascendido Coritiba por 2 a 1, mas foi beneficiado pela derrota da Lusa.

, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2010 | 00h00

A festa baiana foi total. No estádio, a vitória, com dois gols de Adrian0 e um de Nem, foi tranquila. Terminada a partida, milhares de torcedores invadiram a orla de Salvador para festejar o acesso. O Bahia havia caído em 2003 e dois anos depois foi parar na Série C.

A duas rodadas do fim da competição, o Coritiba, líder com 70 pontos, está com a mão no título. Mais dois pontos se garante por suas próprias forças. O Bahia, vice-líder com 65, precisa vencer os dois jogos que lhe restam e torcer por derrotas do time paranaense. O Figueirense, com 63 pontos, não tem mais chances de título.

A última vaga na Série A em 2011 esta entre América-MG (59 pontos), Portuguesa e Sport, ambos com 56.

A vitória do Coritiba sobre o Figueirense, ontem, foi obtida diante de 24.257 torcedores (21.215 pagantes) que lotaram o Estádio Couto Pereira puderam comemorar os gols marcados por Jeci e Rafinha na vitória do líder e também viram Reinaldo descontar para o adversário.

A Ponte Preta, com 47 pontos, está a salvo do rebaixamento, mas não se livrou de ser vaiada por seus torcedores ao perder em casa para o Icasa-CE, por 1 a 0 (gol de Luiz Gustavo).

Em Brasília, o Náutico iniciou sua corrida alucinada contra o rebaixamento ao bater ontem o Brasiliense por 1 a o (gol de Flávio). A vitória deixou o time pernambucano com 45 pontos, à beira da salvação, enquanto o adversário continua amargando a zona do rebaixamento, estacionado nos 40 pontos, em 18.º.

Também à noite, o América-RN fez 5 a 2 no Guaratinguetá e, com 38 pontos, segue ameaçado de queda. O lanterna, agora, é o Santo André, que tem 37 e está virtualmente rebaixado. E o Paraná fez 1 a 0 no ASA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.