Susana Vera/Reuters
Susana Vera/Reuters

Baixa do Atlético de Madrid, Diego Costa é operado de hérnia de disco

Atacante brasileiro naturalizado espanhol deve ficar cerca de três meses longe dos gramados

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2019 | 09h46

O Atlético de Madrid informou que o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa foi operado para retirada de uma hérnia de disco na região cervical. O procedimento cirúrgico foi realizado nesta quinta-feira, na capital espanhola. O clube confirmou que tudo "ocorreu conforme o planejado".

Por meio da curta nota oficial publicada em seu site, o Atlético não estabeleceu tempo previsto de recuperação para o atleta, mas o período estimado de afastamento após este tipo de cirurgia é de cerca de três meses. Se isso se confirmar, ele vai desfalcar a equipe comandada pelo técnico Diego Simeone em pelo menos 13 partidas.

E esse número de jogos sem o atacante poderá aumentar se o time avançar à final da Supercopa da Espanha, que será em janeiro, na Arábia Saudita, e também continuar seguindo em frente nas próximas fases da Copa do Rei. Com um grande histórico de lesões na sua carreira, Diego Costa teve a sua hérnia de disco na região cervical revelada pelo Atlético de Madrid há uma semana, quando o departamento médico do clube informou que ele seria avaliado por especialistas em neurocirurgia para estabelecer o tratamento que seria adotado. E a operação acabou sendo decidida após os profissionais avaliarem os exames que constataram a gravidade do problema.

Nesta temporada europeia, atacante atuou em 15 partidas, marcou dois gols e distribuiu três assistências. E ainda sem saber quando poderá voltar a contar com o jogador, o Atlético de Madrid ocupa hoje a terceira posição do Campeonato Espanhol, com 24 pontos, apenas um atrás de Barcelona e Real Madrid, respectivos líder e vice-líder. O time dirigido por Simeone também figura na segunda posição do Grupo D da Liga dos Campeões, liderado pela Juventus, e se vê próximo de garantir classificação às oitavas de final do torneio continental.

Operado, Diego começará a desfalcar o Atlético a partir deste sábado, quando a equipe enfrenta o Granada, fora de casa, pela 14ª rodada do Espanhol. Já na Liga dos Campeões, o atacante não poderá encarar a Juventus, na terça-feira da semana que vem, em Turim, pela penúltima rodada deste Grupo D do torneio. E ele também ficará fora do duelo com o Lokomotiv Moscou, em casa, no dia 11 de dezembro, pela jornada final da chave.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético de MadridDiego Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.