Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Balotelli deixa treino mais cedo e vira dúvida na Itália

Atacante sentiu uma leve dor na coxa direita e foi retirado por precaução

Luis Augusto Mônaco - ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 19h16

RIO - A Itália pode ter que enfrentar o México, domingo, na sua estreia na Copa das Confederações, sem o seu jogador mais importante. Mario Balotelli, único atacante do time titular, sentiu uma lesão muscular e precisou deixar mais cedo o treino desta sexta-feira, num campo anexo ao Engenhão.

"O Balotelli sentiu uma dor leve na coxa direita e foi retirado por precaução. Ele será reavaliado amanhã (hoje), mas estou otimista quanto à sua participação no domingo", disse o médico da seleção italiana, Enrico Castellacci. Fontes ligadas à comissão técnica afirmam que as chances de o atacante atuar na estreia da Copa das Confederações são de 70%.

O jogador do Milan sentiu uma contratura no bíceps femoral da coxa direita durante a atividade. "Por precaução, não jogou a parte final do treino. Veremos como estará amanhã (sábado), mas ele não sofreu um estiramento. Preferimos evitar que se agravasse o problema. Não é um problema grave, então estou otimista de que possa se recuperar", disse Castellacci.

O treino da Itália nesta sexta-feira, no Engenhão, foi fechado para a imprensa. Os jornalistas, porém, puderam ver Balotelli seguir para o vestiário ao fim da atividade, andando sem indicar fortes dores.

Se ele não puder jogar, o técnico Cesare Prandelli terá um enorme problema para resolver. Prandelli construiu sua proposta de jogo para um atacante forte fisicamente, capaz de prender a bola e fazer o papel de pivô. O substituto de Balotelli é Gilardino, do Bologna, atacante diferente de Balotelli e que se destaca pelo poder de finalização, o último toque dentro da área. Os outros atacantes jogam pelos lados do campo. A seleção italiana faz a sua estreia na Copa das Confederações domingo à tarde, no Maracanã, contra o México.

Já seo atacante jogar, a Itália enfrentará o México neste domingo, no Maracanã, com a seguinte escalação: Buffon; Abate, Barzagli, Chielini e De Sciglio; De Rossi, Pirlo e Montolivo; Marchisio e Giaccherini; Balotelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.