Barça chega ao Japão confiante e otimista

A delegação do Barcelona desembarcou animada no aeroporto de Narita, depois de 12 horas de viagem. Apesar do cansaço, o time chegou animado depois da vitória por 3 a 1 sobre o Real Madrid, no superclássico no sábado à noite no Santiago Bernabéu. Enquanto time catalão viajava, o Al Sadd, do Catar, vencia o Esperance, da Tunísia, por 2 a 1, e se classificava para enfrentar o Barça.

TÓQUIO, O Estado de S.Paulo

12 de dezembro de 2011 | 03h05

Com o objetivo de adaptar o time ao fuso horário e evitar o "jet lag", uma disfunção do sono que se acentua em viagens longas contra a rotação do planeta, os jogadores foram proibidos de dormir pelos preparadores.

A partir de hoje, o Barça inicia a preparação para o jogo contra o Al Sadd, previsto para quinta-feira. A delegação catalã vai ficar hospedada em Yokohama. Os treinos vão ser realizados no campo do Yokohama Marinos.

Ao saber que o seu próximo adversário seria o Barcelona, o técnico do Al Sadd, Jorge Fossatti, vencedor do duelo contra o Esperance, da Tunísia, por 2 a 1, disse que seu time pode ir mais longe do que muitos pensam no Mundial. "É só o presidente da Fifa autorizar nossa equipe poder entrar em campo com 16 jogadores", disse, bem-humorado, o treinador uruguaio, lembrando, porém, que o modesto Getafe ganhou do Barcelona este ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.