Barça inicia caminhada para provar que é melhor do mundo

Al-Sadd é primeiro desafio para chegar à final do Mundial, na tentativa de corroborar fama de grande time da atualidade

YOKOHAMA, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2011 | 03h00

O Barcelona chega ao Mundial de Clubes em grande momento, após uma vitória convincente sobre seu maior rival, o Real Madrid, por 3 a 1, no campo do adversário, pelo Campeonato Espanhol, e ainda exibindo o mesmo futebol que encantou o mundo nas últimas temporadas. Para facilitar, seu adversário é o modesto Al-Sadd, campeão asiático, em jogo marcado para as 8h30 de amanhã.

O Barça retorna à disputa de um Mundial dois anos depois de ser campeão nos Emirados Árabes sobre o Estudiantes, da Argentina, ao vencer por 2 a 1, com Messi marcando o gol decisivo.

Apesar do amplo favoritismo do time espanhol, o volante argentino Javier Mascherano pede atenção. "Temos de nos concentrar nesta partida. Sabemos que o Al-Sadd é uma equipe que aposta na força física, com jogadores fortes, e nestes torneios é difícil jogar contra times assim."

O zagueiro Piqué, titular também da seleção espanhola campeã do mundo, concorda com seu companheiro. "É realmente importante ganhar o Mundial. Muita gente diz que jogamos o melhor futebol do mundo, mas temos de demonstrar isso conquistando títulos."

O time realizou ontem seu segundo treino no Japão, desta vez contra um time local de juniores do Yokohama F. Marinos.

Antes do trabalho, os jogadores entregaram camisas a 11 garotos de Fukushima, que sofreram com a crise nuclear na cidade, numa demonstração de solidariedade com o povo japonês após o terremoto e o tsunami que arrasaram parte do país em março.

O Barça fará seu último treino amanhã à tarde no Estádio de Yokohama, palco da semifinal de amanhã contra o Al-Sadd e da final da competição, contra o vencedor de Santos e Kashiwa Reysol, que jogam hoje na outra semifinal da competição. A expectativa pela primeira apresentação de Messi no Mundial é muito grande no Japão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.