Barça pega o Sevilla para esquecer derrota em Milão

De volta ao Campeonato Espanhol, o time catalão joga diante de sua torcida. O Real enfrenta o La Coruña

BARCELONA, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h03

A derrota por 2 a 0 para o Milan no meio da semana ainda machuca os jogadores do Barcelona, mas a ordem hoje é virar a página e derrotar o Sevilla no Camp Nou pelo Campeonato Espanhol. Não que os três sejam fundamentais para o time ser campeão, afinal de contas a vantagem sobre o vice-líder Atlético de Madrid é de 12 pontos e sobre o Real Madrid é de 16. O importante na partida desta noite será voltar a jogar bem.

"Depois de uma derrota, a melhor coisa a fazer é ganhar o jogo seguinte para recuperar a confiança. Confio muito nesta equipe e tenho certeza de que vamos nos levantar", disse o auxiliar técnico Jordi Roura, que está dirigindo o time enquanto o treinador Tito Vilanova está em Nova York se tratando de um câncer.

Em relação ao time que foi derrotado em Milão haverá três mudanças: Mascherano no lugar de Puyol, Song no de Busquets e David Villa ou Alexis Sánchez no de Fábregas.

O Real Madrid também entrará em campo hoje. Fora de casa, enfrentará o desesperado La Coruña - lanterna da competição e a oito pontos do Zaragoza, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Kaká será titular pela segunda vez seguida. Ele foi muito elogiado por sua atuação na vitória por 2 a 0 sobre o Rayo Vallecano na rodada passada.

Xabi Alonso e Benzema foram vetados porque estão machucados, e o lateral-esquerdo Marcelo foi convocado e ficará no banco. Ele não foi nem relacionado para o último jogo como punição por estar acima do peso e se empenhando pouco nos treinos.

Inglaterra. O goleiro Julio Cesar terá hoje uma chance de aparecer bastante. Seu time, o lanterna Queens Park Rangers, terá pela frente nada menos do que o líder Manchester United - que tem 12 pontos de vantagem sobre o Manchester City, segundo colocado.

A diferença de qualidade entre os times é enorme, mas mesmo assim o técnico Alex Ferguson não admite acomodação. "Vamos encarar o Queens Park Rangers como se fosse o Real Madrid. Eles precisam de pontos e vão nos dar muito trabalho."

Alemanha. O Bayern de Munique receberá hoje o Werder Bremen. Líder com 15 pontos de vantagem sobre o bicampeão Borussia Dortmund (que amanhã jogará no campo do Borussia Moenchengladbach), o time ainda não sofreu gol no campeonato em 2013 - disputou quatro partidas. No meio da semana foi a Londres e derrotou com facilidade o Arsenal por 3 a 1 pela rodada de ida das oitavas de final da Copa dos Campeões.

Itália. Apenas uma partida será disputada hoje: Palermo x Genoa. O destaque de amanhã será o dérbi entre Inter e Milan.

A líder Juventus receberá o Siena, e o vice-líder Napoli jogará segunda-feira contra a Udinese fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.