Barça vira no fim e mantém os 100%

De forma sensacional, a equipe de Messi e cia. reverteu o placar diante do Sevilla nos quatro minutos finais da partida

O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2012 | 03h06

O Barcelona sofreu, mas em quatro minutos conseguiu uma virada espetacular e transformou a derrota em uma vitória de 3 a 2 sobre o Sevilla. O time da casa abriu dois gols de diferença sobre o líder do Campeonato Espanhol com Piotr Trochowski e Alvaro Negredo. Mas Fábregas diminuiu aos 8 minutos da etapa final e deixou tudo igual aos 44. Nos descontos, aos 48, David Villa, que havia entrado no lugar de Daniel Alves 14 minutos antes, fez o terceiro do Barça, calando a torcida do Sevilla.

A partida foi marcada por uma polêmica envolvendo Fábregas. Aos 27 minutos do segundo tempo, ele trombou com Medel e acusou o adversário de lhe ter acertado uma cabeçada. O juiz deu cartão vermelho para o jogador e o Sevilla ficou com um a menos em campo, facilitando a vida do time catalão.

Para Fábregas, a expulsão foi justa. "Ele me acertou no rosto, é expulsão. Também tivemos um pênalti para a gente que não foi marcado. Acho que o resultado foi justo", disse.

O resultado manteve a equipe com uma campanha impecável: seis jogos e seis vitórias. Na segunda posição está o surpreendente Málaga, com 14 pontos, que ontem goleou o Bétis por 4 a 0, gols de Joaquin, Javier Saviola, Amaya (contra) e Isco.

No País Basco, região que busca a independência na Espanha, os dois times da Primeira Divisão se encontraram e a vitória ficou com a Real Sociedad, que recebeu o Athletic de Bilbao em San Sebastián e venceu por 2 a 0.

No primeiro gol, aos 17 minutos do segundo tempo, Griezmann recebeu do lado direito da área, dominou e bateu rasteiro. A bola cruzou toda a área e entrou no canto direito do gol de Iraizoz. A equipe da casa ampliou pouco depois, com Vela, de pênalti. Assim, foi a 9 pontos, em sexto, enquanto o Bilbao está em 16.º, com apenas cinco.

Real Madrid. "Não podemos mais falhar. Já perdemos todos os pontos que podíamos perder." Este foi o recado dado pelo técnico português José Mourinho para os jogadores do Real Madrid, que enfrentam hoje, fora de casa, o La Coruña. O treinador disse que o time precisa obter uma série longa de vitórias. A equipe venceu o Rayo Vallecano pelo Espanhol e o Manchester City pela Copa dos Campeões.

O treinador sabe que a missão não será muito fácil e por isso mesmo não economizou elogios ao adversário. "Trata-se de uma equipe que possui um conjunto muito bom, sabe usar bem os contra-ataques e entra para o jogo sem nada a perder."

Já o Atlético de Madrid quer manter a ótima fase contra o Espanyol e aposta nos gols do artilheiro colombiano Falcao Garcia, que fez questão de festejar pelo Twitter o "Dia Internacional do Torcedor do River Plate. "Parabéns para todos que estão na Argentina e em todo o mundo." Completam a rodada: Celta x Granada, Rayo Vallecano x Valladolid e Levante x Osasuna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.