Barcelona abre 11 pontos sobre o Real Madrid

Messi e Iniesta comandam a goleada sobre o Levante. O Atlético continua firme em segundo lugar

VALÊNCIA, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2012 | 02h04

Uma jornada inspirada de Messi e Iniesta fez o Barcelona golear ontem o Levante por 4 a 0 e terminar a 13ª rodada da competição com 11 pontos de vantagem sobre o Real Madrid, uma distância que nunca uma equipe tirou na luta pelo título. O adversário do Barça na temporada, se conseguir manter o fôlego, parece que vai ser o Atlético de Madrid - que está a três pontos do líder (mais informações ao lado).

Com a vantagem de saber que o Real tinha sido derrotado sábado pelo Betis por 1 a 0, o técnico Tito Vilanova colocou toda sua artilharia em campo para buscar a vitória. O Levante, que havia começado a rodada em quarto lugar, resistiu no primeiro tempo e foi para o vestiário sem levar gol. Mas no segundo foi atropelado.

O homem que comandou o massacre foi Iniesta, um meia que coloca a bola onde quer e raramente é desarmado.

Aos dois minutos, ele deixou Messi livre para marcar com um toque por cobertura. Cinco minutos depois, foi à linha de fundo e rolou para o argentino fazer o segundo. Messi chegou a 19 gols no campeonato e a incríveis 82 em 2012 - faltam três para se igualar ao alemão Gerd Müller, que marcou 85 vezes em 1972.

O jogo estava liquidado, mas Iniesta queria mais. E aos 12 minutos acertou uma bomba e fez 3 a 0. Como se não bastasse, aos 18 deu um lindo passe para Fábregas marcar o quarto. No finalzinho, o goleiro Valdés se juntou à festa defendendo um pênalti.

Outro motivo para o Barça festejar: quando Montoya entrou no lugar de Daniel Alves (saiu machucado ainda na primeira etapa), o time passou a ter 11 jogadores formados no clube pela primeira vez em sua história.

Itália. O Milan derrotou a Juventus por 1 a 0 e deu uma ajuda para Inter e Napoli, que jogam hoje e podem encostar na equipe de Turim. O gol foi marcado por Robinho cobrando pênalti no primeiro tempo. O técnico Massimiliano Allegri admitiu que seu time foi beneficiado pelo árbitro: "Não foi pênalti."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.