Barcelona busca recuperação após derrota na Escócia

Time catalão tem de vencer o Mallorca para não deixar o Atlético de Madrid encostar na liderança

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2012 | 02h07

O Barcelona entra em campo hoje, pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol, para mostrar que o tropeço na Copa dos Campeões no meio de semana não abateu o time. A derrota para o Celtic, na Escócia, não foi muito bem digerida, mas a equipe catalã tem um confronto importante contra o Mallorca, fora de casa, e precisa da vitória para não permitir que Atlético de Madrid encoste na ponta da tabela.

A campanha do Barça no Espanhol é ótima, com nove vitórias e um empate. A invencibilidade e um aproveitamento de pontos acima de 93% deixam o time na liderança isolada da competição com 28 pontos, três a mais do que o Atlético, que também jogará hoje: recebe o Getafe no Vicente Calderón.

Já o rival Real Madrid vem um pouco atrás, com 20 pontos, por causa do início irregular no torneio. A equipe enfrenta fora de casa o Levante, surpresa do torneio até o momento com uma bela campanha. O time do técnico José Mourinho sabe que não pode mais errar para não permitir que o Barcelona dispare ainda mais na tabela de classificação.

O principal desfalque do Real é o volante alemão Khedira. Ele se machucou na partida contra o Borussia Dortmund e, apesar de já estar praticamente recuperado da lesão, não vai para o jogo, para não correr riscos. Outras duas baixas são os atacantes Karim Benzema e Gonzalo Higuaín. Com isso, Cristiano Ronaldo deve atuar na área e Callejón ganhará uma chance.

Alemanha. No complemento da 11ª rodada do Campeonato Alemão, o Bayer Leverkusen visita o desesperado Wolfsburg e busca a vitória para se manter na zona de classificação para a Copa dos Campeões. A equipe está com 18 pontos e numa situação mais confortável na tabela, ao contrário do Wolfsburg, que faz péssima campanha e está na zona de rebaixamento, com apenas oito pontos e seis derrotas no torneio.

Ainda hoje, o Stuttgart recebe o Hannover, no estádio Gottlieb-Daimler, em partida que vale se aproximar da zona de classificação para as competições europeias da próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.