Barcelona exige 2,2 milhões de euros para jogar com o Corinthians

Conversa entre dirigentes está agendada para esta sexta para discutir detalhes do amistoso

, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2011 | 00h00

A diretoria do Corinthians vai descobrir nesta sexta-feira se a ideia de enfrentar o badalado Barcelona após o encerramento da temporada europeia é sonho ou realidade. Uma conversa entre dirigentes dos dois clubes está agendada para discutir detalhes. Os dois principais são o custo para contratar o melhor time do mundo e a data do amistoso. Para viajar com o time principal, o clube catalão cobra 2,2 milhões de euros. A princípio, o jogo seria marcado logo depois do final da Liga dos Campeões. Patrocinadores bancariam o cachê.

A personagem central do encontro é Ronaldo. O atacante receberia homenagem pela passagem vencedora nos dois times. De acordo com o projeto, o Fenômeno jogaria alguns minutos com cada uma das camisas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansBarcelonaamistoso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.