Barcelona se salva no final do jogo

Líder sofreu para vencer o Granada. Hoje o Real Madrid tem de vencer o Rayo Vallecano para não se distanciar do rival

MADRI, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2012 | 03h06

Em um dia em que Messi não brilhou - e até discutiu asperamente com Villa e Thiago Alcântara - o Barcelona venceu o modesto Granada por 2 a 0 no Camp Nou e manteve a liderança isolada do Campeonato Espanhol, com 15 pontos em cinco jogos. Os gols da sofrida vitória só aconteceram nos minutos finais da partida assistida por 65.834 espectadores: Xavi e Gomez (contra).

O Granada, time que ocupa a zona de rebaixamento, quase conquistou sua primeira vitória no Camp Nou. O time armou uma sólida retranca e teve no goleiro Toño seu principal destaque. E o visitante só não conseguiu a proeza graças a uma defesa providencial do goleiro Valdés diante do atacante Orellana, quando o jogo estava empatado.

O Barça acabou chegando ao primeiro gol aos 41 minutos do segundo tempo em um chute indefensável de Xavi da entrada da área. Nos acréscimos, o zagueiro Gomez ainda fez um gol contra.

Hoje o Real Madrid entra em campo muito preocupado. Afinal, daqui a duas rodadas vem o clássico contra o Barcelona e a recuperação do time merengue tem de ser imediata, para não entrar cabisbaixo contra seu maior rival. Hoje, a partir das 16h30 (horário de Brasília), no Estádio de Vallecas, a esperança de gols está nos pés de Cristiano Ronaldo, que tem se dado bem em duelos contra o Rayo Vallecano (quatro gols nos últimos dois jogos).

A fase do time madrilenho no Espanhol não é nada boa. Nos quatro jogos, soma apenas quatro pontos, com uma vitória e duas derrotas. E tem cinco gols marcados, contra quatro sofridos. Pouco para um time que começou a temporada sonhando com o título e vê o Barça disparar. Na última rodada, o Real estreou seu novo uniforme, na cor verde, e não deu sorte: foi derrotado pelo Sevilla por 1 a 0.

Se sua participação no Espanhol não é das melhores, ao menos o Real fez bonito na estreia da fase de grupos na Copa dos Campeões e espera manter o bom desempenho de terça-feira para sair vitorioso hoje.

Jogando em casa, o time do técnico José Mourinho derrotou o Manchester City por 3 a 2, de virada, com um gol de Cristiano Ronaldo no minuto final. "Recuperei a minha equipe e espero que não desapareça mais", afirmou o treinador português.

Em alta. Uma das surpresas do torneio, o Málaga tenta mais uma vitória neste que já é o seu melhor início de campeonato, com três vitórias e um empate e o 2.º lugar. O desafio contra o Athletic Bilbao, às 14h50, será no Estádio San Mamés.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.