Barco de Torben Grael cai para terceiro na Volvo Ocean Race

Ericsson 4 está a 40 milhas náuticas do líder Puma; neozelandês machuca o joelho e precisa de atendimento

Efe,

18 de outubro de 2008 | 14h50

O barco Ericsson 4, comandado pelo brasileiro Torben Grael, perdeu a liderança da primeira perna da Volvo Ocean Race, que começou na cidade espanhola de Alicante até Cidade do Cabo, na África do Sul, após reduzir velocidade para socorrer um dos tripulantes que se machucou. Phil Jameson, membro da equipe de Torben, disse que teve de chamar "um dos médicos especialistas da regata" para socorrer o neozelandês Tony Mutter, que estava com o joelho ferido e reclamava de incômodo causado pelo machucado, que mesmo com o tratamento não melhorou. Assim, a equipe decidiu aproveitar a proximidade com Cabo Verde e levar Mutter para Mindelo, na ilha de San Vicente. Torben Grael explicou que "Tony tinha de ser levado, porque sua perna tinha piorado durante a noite" e não havia certeza "de que sua condição fosse melhorar". Agora, o Ericsson 4 é o terceiro colocado a 40 milhas náuticas do líder, o Puma, dos Estados Unidos. Em segundo está o Ericsson 3. O Delta Lloyd, da Holanda, vem em quarto. O Green Dragon, da China, está logo atrás. O Team Rússia está em sexto lugar. Os barcos espanhóis Telefónica Blue e Telefónica Black são os últimos da competição e estão em sétimo e oitavo, respectivamente. CLASSIFICAÇÃO DA VOLVO OCEAN RACE1.º Puma (EUA) - Ken Read - 4.443 m.n. (8.232 Km)2.º Ericsson 3 (SUE) - Anders Lewander - a 7 m.n.3.º Ericsson 4 (SUE) - Torben Grael - a 44 m.n.4.º Delta Lloyd (HOL) - Ger O' Rourke - a 85 m.n.5.º Green Dragon (CHN) - Ian Walker - a 102 m.n.6.º Team Russia (RUS) - Andreas Hanakamp - a 103 m.n.7.º Telefónica Blue (ESP) - Iker Martínez - a 160 m.n.8.º Telefónica Black (ESP) - Fernando Echavarri - a 172 m.n.

Tudo o que sabemos sobre:
Volvo Ocean RaceTorben Grael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.