Barco de Torben Grael segue na liderança da etapa da Volvo

Ericsson 4 mantém a ponta entre o trecho de Boston, nos EUA, e Galway, na Irlanda; Telefónica Blue é o 2.º

EFE

22 de maio de 2009 | 10h52

O barco sueco Ericsson 4, comandado pelo brasileiro Torben Grael, mantém a liderança da sétima etapa da Volvo Ocean Race, após uma extraordinária manobra tática sobre o Telefónica Blue, de Iker Martínez.

 

Na madrugada de ontem, o Telefónica Blue virou em direção ao norte, seguido pelo Puma, de Ken Read, e o Delta Lloyd, de Roberto Bermúdez Castro.

 

Depois, junto ao Telefónica Black, de Fernando Echávarri, que se uniu ao grupo posteriormente, virou para o leste em uma manobra perfeita, mas a resposta sueca não demorou a chegar.

 

Ao meio-dia (local), o Ericsson 4, seguido pelo Green Dragon, de Ian Walker, e o Ericsson 3, de Magnus Olsson, também virou rumo ao Norte, subindo quase 200 quilômetros em direção ao extremo nordeste da zona de exclusão de gelo, e depois sentido nordeste, colocando-se a 150 quilômetros ao norte do grupo do Telefónica Blue.

 

Essa manobra do Ericsson 4 lhe permitiu receber um melhor vento do sudoeste, embora em condições de navegação mais difíceis. Mesmo assim, Grael sabia que seu barco tinha um design melhor para condições meteorológicas mais difíceis e aproveitou o momento.

 

Confira a classificação da sétima etapa

Boston (EUA) - Galway (Irlanda). 2.870 m.n. (5.320 km).

 

1. Ericsson 4 (SUE) Torben Grael 790 m.n.(1.463 Km)

2. Telefónica Blue (ESP) Bouwe Bekking 9 m.n.

3. Delta Lloyd (HOL) R.Bermúdez 10

Puma (EUA) Ken Read 28

5. Telefónica Black (ESP) F.Echávarria 31

6. Green Dragon (IRL-CHN) Ian Walker 43

7. Ericsson 3 (SUE) Magnus Olsson 52

Tudo o que sabemos sobre:
iatismoVolvo Ocean RaceTorben Grael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.