Barco russo abandona a Volvo Ocean Race

Crise financeira mundial faz o empresário Oleg Zherebtsov dizer adeus à regata de volta ao mundo

Agencia Estado

25 de dezembro de 2008 | 20h21

O barco da Rússia, chamado de Kosatka ("baleia assassina", em russo), abandonou nesta quinta-feira a Volvo Ocean Race, regata de volta ao mundo, por causa de problemas financeiros causados pela crise internacional. Líder do barco, o empresário Oleg Zherebtsov disse que ficou sem patrocinadores para tocar o projeto até o fim da competição, em junho do ano que vem.Até agora foram disputadas apenas três etapas, a última delas encerrada na terça-feira, em Cingapura. O encerramento será em São Petersburgo, na Rússia - justamente a terra natal de Zherebtsov, dono de uma rede de supermercados."Desde o início tinha um interesse comercial no projeto, e até agora o financiei com meu próprio dinheiro. A esta altura já devíamos contar com patrocínio, mas a crise prejudicou nossos planos", afirmou Zherebtsov. A próxima etapa da Volvo começa no dia 18 de janeiro e vai de Cingapura até Qingdao, na China. O barco sueco Ericsson 4, comandado pelo brasileiro Torben Grael, lidera a disputa, agora restrita a sete veleiros.

Tudo o que sabemos sobre:
velaVolvo Ocean Race

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.