Sam Greenfield/VOR
Sam Greenfield/VOR

Barco Team Brunel abre vantagem e fica perto da vitória na Volvo Ocean Race

Equipe da Holanda assumiu a ponta na metade do trajeto e não deixou mais escapar

Estadão Conteúdo

07 Maio 2018 | 16h38

O barco holandês Team Brunel está muito próximo de vencer a oitava etapa da Volvo Ocean Race, que teve largada em Itajaí, no litoral de Santa Catarina, e tem chegada prevista para madrugada de terça-feira em Newport, nos Estados Unidos.

Barco de Martine Grael cai para sexto lugar na oitava etapa da Volvo Ocean Race

A equipe da Holanda assumiu a ponta na metade do trajeto e não deixou mais escapar. Nos últimos dias, viu o barco chinês Dongfeng Race se aproximar, mas nesta segunda-feira conseguiu abrir cerca de 15 milhas náuticas de vantagem (27 quilômetros). Faltam aproximadamente 150 milhas náuticas para a chegada.

Se confirmar a primeira colocação, será a segunda vitória consecutiva do veleiro, que também chegou na ponta em Itajaí, em etapa que teve pontuação dobrada. "Vai ter muito trabalho no deck e não vamos dormir muito. Tudo está em aberto nas últimas 24 horas", disse o australiano Kyle Langford, do Team Brunel.

O destaque nesta seguda-feira foi a reação do barco espanhol da Mapfre. No sábado, a embarcação ocupava o sexto lugar e agora aparece em terceiro, a 20 milhas náuticas da liderança. "Passamos uma noite difícil, na verdade. Temos feito todo o possível e agora vamos ver o que acontece", afirmou o capitão do Mapfre, Xabi Fernández.

A quarta colocação pertence ao barco da ONU, Turn The Tide On Plastica, que segue com chance de ir ao pódio. O quinto lugar é dos dinamarqueses/norte-americanos do Vestas 11TH Hour Racing.

O veleiro de Martine Grael, a equipe holandesa Akzonobel, chegou a disputar posição com o barco da Mapfre, mas não conseguiu reagir na parte final. Depois de três pódios consecutivos, o time que conta com a campeão olímpica brasileira aparece apenas na sexta colocação, à frente apenas dos chineses do Sun Hung Kai/Scallywag.

A liderança na classificação geral pertence ao Dongfeng, com um ponto de vantagem sobre a Mapfre. Depois de Newport, os veleiros partem para Cardiff (Reino Unido), Gotemburgo (Suécia) e fecham a temporada em Haia (Holanda).

Mais conteúdo sobre:
Vela esporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.